Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 22 de junho de 2016. Atualizado às 10h38.

Jornal do Comércio

Colunas

COMENTAR | CORRIGIR
Carlos Pires de Miranda

De Olho na tevê

Notícia da edição impressa de 22/06/2016. Alterada em 21/06 às 21h10min

Enfim, Tite

Ele tinha toda a razão de aguardar, esperançoso, o convite para substituir Felipão após o retumbante fracasso de 2014. Claro, já era nosso melhor técnico, coberto de títulos importantes, de novos conhecimentos adquiridos em seu ano sabático, pronto para um desafio maior. Sem desdouro a Dunga, a CBF escolheu errado e só se flagrou agora. Assumir a seleção em sexto lugar nas eliminatórias, por enquanto fora da Copa, parece mesmo ser uma roubada. Não será: o gaúcho Tite vai repintar esse quadro e levará o Brasil à Rússia em 2018.
Gauchão nacional
Qualquer prognóstico neste momento ainda seria precoce: faltam 29 renhidas rodadas, há reforços chegando e nenhum clube está fechado a mais contratações. Pior: aberta a milionária janela chinesa, jogadores da nossa Série A são alvo preferencial, sem falar na Europa. A par disso, Grêmio e Inter alternando-se nas primeiras posições do Brasileirão é algo entusiasmante, um feliz indicativo aqui na terra da gangorra. Em um semestre que terá convocações para eliminatórias, Olimpíada no Rio, requisições de estádios lá e em São Paulo, além de Copa do Brasil, uma picada está claramente aberta para a dupla gaúcha.
O Grêmio de Luan
Precisei vê-lo poucas vezes em ação para concluir: Luan é diferenciado, mas somente quando entender que ainda não é craque poderá chegar próximo dessa condição. Pois bem, ele chegou: esbanja velocidade de pensamento e execução de jogadas, consegue desvencilhar-se da marcação e soma gols de alta categoria. Mais: com ele, Douglas, o falso lento, leva seu toque de classe mais à frente, com a habitual precisão em passes e conclusões. Amanhã, contra o Vitória, os três pontos, obrigatórios, devem vir ao natural.
Altamente seletivo
Não porque o Brasil tenha sido eliminado, ou porque nossa seleção tenha jogado tão pouco futebol. Não. É que as disputas simultâneas da Copa da Europa e da Copa América, além de rodadas bissemanais do Brasileirão, trouxeram formidável sobrecarga de grandes jogos na tevê. Como passei cinco dias em São Paulo, não pude ver várias dessas partidas. Consta que Figueirense e Inter foi uma delas, mesmo que os colorados tenham perdido pontos preciosos e, com eles, a liderança. Menos mal que, amanhã, a vitória é provável contra o machucado Coritiba.
Pitacos
A gente vê o Brasil em décimo na Série B e se decepciona. Examina melhor a tabela e constata que o Xavante está a três pontos do terceiro colocado. Duas vitórias seguidas já o levarão lá para cima. *** O Ju anda vacilando: perdeu a terceira consecutiva e tem uma parada dura domingo, contra o Botafogo, em Ribeirão Preto. *** Na Série D, somente o São Paulo de Rio Grande se salva - é líder no grupo. Caxias e, principalmente, Novo Hamburgo e São José largaram parados. Há tempo para recuperação de todos.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Dorian R. Bueno 22/06/2016 09h42min
O CHORO É LIVRE DUPLA GRENAL !!!nnÉ do jogo fazer pré-temporada sonhando jogar como o São José, Leicester, Barcelona, Real Madrid, Bayern Munique, entre outros, aprenderem falar palavras da moda no meio esportivo, mas na prática os times do BRASIL sempre terão muitas atividades paralelas que atrapalharão o andamento dos planos.nnDevido este monte de lambanças no PAÍS, CBF, falta de títulos para alguns, arbitragens, lesões, baixo desempenho técnico, com certeza os treinadores Argel e Roger saberão avaliar melhor as suas equipes, e descobrir novos jogadores para repor os que não poderão jogar.nnOs clubes sabem que durante o campeonato, os atletas serão suspensos por cartões bobos, sofrerão lesões musculares ou por violência do adversário, mas sonham em ser protagonista para aguardar rapidinho uma proposta de venda nesta janela para o exterior, ou a convocação para Seleção.nnJá tem torcedor e comentarista soltando cachoeiras de lágrimas, por que o choro é livre.nnAbs. Dorian Bueno Google +, Graças a Deus, 27.387 Acessos em 9 meses, POA, 22.06.2016n