Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 23 de maio de 2016. Atualizado às 22h50.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

Polícia Federal

Notícia da edição impressa de 24/05/2016. Alterada em 23/05 às 22h49min

PF finaliza inquérito contra Renan Calheiros na Lava Jato

A Polícia Federal (PF) informou ao Supremo Tribunal Federal (STF) que está prestes a concluir um dos inquéritos que apuram a suposta ligação do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), com o esquema de corrupção da Petrobras. Segundo relatório enviado pelo delegado Thiago Delabary, falta apenas o depoimento do senador para que as apurações deste inquérito sejam fechadas. A PF informa, inclusive, que está tendo dificuldades para marcar uma data com o senador.
A linha de investigação avalia se Renan foi beneficiado de propina em acordo da Petrobras com a categoria dos práticos, os profissionais responsáveis por orientar os comandantes de navio a atracar nos portos. A defesa do senador pediu que ele envie explicações por escrito em vez de prestar um novo depoimento à PF. Ontem, a Procuradoria-Geral da República enviou manifestação ao STF pela rejeição do pedido da defesa, que queria depoimento não presencial.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia