Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 06 de maio de 2016. Atualizado às 13h40.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

Crise Política

06/05/2016 - 13h40min. Alterada em 06/05 às 13h40min

Dilma embarca para evento em Pernambuco e tenta reforçar ligação com o Nordeste

A presidente Dilma Rousseff embarcou, às 12h55min desta sexta-feira(6) para Pernambuco para visitar um trecho das obras de transposição do Rio São Francisco, em Cabrobó. A agenda faz parte da estratégia de Dilma de reforçar eventos públicos nos já considerados dias finais do governo antes do provável afastamento dela por conta do impeachment.
Enquanto acontece a votação da admissibilidade do processo de impeachment pela comissão especial do Senado, Dilma escolheu vistoriar o projeto lançado pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e reforçar sua ligação com o Nordeste, já que ali está a maior parte do eleitorado que ainda apoia seu governo.
Na manhã desta sexta-feira, no Palácio do Planalto, Dilma participou de cerimônia de contratação de 25 mil unidades do programa Minha Casa, Minha Vida. Em seu discurso, a presidente acusou o vice-presidente Michel Temer de ser "cúmplice" do agora presidente afastado da Câmara, Eduardo Cunha. "Não vamos nos iludir. Todos aqueles que são beneficiários desse processo, como, por exemplo, aqueles que estão usurpando o poder, infelizmente o vice-presidente da República, são cúmplices de um processo extremamente grave", disse.
A presidente reafirmou que não irá renunciar. "Eu tenho a disposição de resistir. Resistirei até o último dia", afirmou. "Vivemos um impeachment golpista."
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia