Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 05 de maio de 2016. Atualizado às 14h57.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

Crise Política

05/05/2016 - 14h57min. Alterada em 05/05 às 14h57min

Começa discussão do relatório de Anastasia na comissão do impeachment

Após a apresentação da defesa da presidente Dilma Rousseff, feita pelo advogado-geral da União, José Eduardo Cardozo, a comissão do impeachment no Senado dá início à discussão do parecer do relator Antonio Anastasia (PSDB-MG), favorável ao impeachment.
Nesta fase, todos os senadores inscritos terão direito a falar e tratar do relatório. No momento, já são mais de 30 senadores inscritos, incluindo os líderes de bancada. É possível ainda que, com algumas divergências, os senadores peçam o direito de palavra para rebater alguma colocação dita diretamente a eles, ou fazer questões de ordem, pedindo a avaliação do presidente da comissão. É esperado que a sessão se estenda até a noite.
Nesta sexta-feira (6) a comissão fará a votação do parecer de Anastasia. A sessão está marcada para 10h da manhã. Nesta audiência, apenas os líderes de partidos e blocos partidários terão o direito à palavra, num intervalo de 10 minutos. Ao final, os 21 senadores da comissão apresentarão o seu voto individualmente.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia