Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 05 de maio de 2016. Atualizado às 13h50.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

Crise Política

Notícia da edição impressa de 05/05/2016. Alterada em 05/05 às 13h50min

Relator pede afastamento de Dilma Rousseff

Senador Antonio Anastasia leu o texto na sessão da Comissão Especial

Senador Antonio Anastasia leu o texto durante sessão da Comissão Especial


MARCOS OLIVEIRA/AGÊNCIA SENADO/JC
O senador Antonio Anastasia (PSDB-MG) apresentou ontem à Comissão Especial do Impeachment relatório a favor do afastamento da presidente Dilma Rousseff (PT). Relator do caso na comissão do Senado, Anastasia aponta que há elementos suficientes para que o processo seja aberto e a petista julgada por crime de responsabilidade. Dilma é acusada de editar, em 2015, créditos suplementares e de usar dinheiro de bancos federais em programas do Tesouro, as chamadas "pedaladas fiscais".
"Em face do exposto, consideramos que os fatos criminosos estão devidamente descritos, com indícios suficientes de autoria e materialidade, há plausibilidade na denúncia e atendimento aos pressupostos formais, restando, portanto, atendidos os requisitos exigidos pela lei para que a denunciada responda ao processo de impeachment", diz Anastasia.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia