Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 04 de maio de 2016. Atualizado às 15h54.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

justiça eleitoral

04/05/2016 - 13h14min. Alterada em 04/05 às 15h54min

Eleitores têm até esta quarta-feira para emitir e transferir título

ste_2465.jpg

Jucira Silveira diz que o movimento ao longo desta quarta deve ser maior


Encerra nesta quarta-feira (4) o prazo para transferir o título de eleitor e solicitar a emissão do documento pela primeira vez. Conforme o calendário eleitoral, a solicitação deve ser feita até 151 dias antes da votação, que acontece em outubro.
O primeiro turno das eleições municipais, que vão escolher os novos prefeitos e vereadores, acontece no dia 2 de outubro. O segundo turno, se houver, está marcado para o dia 30.
Para tirar o título, é necessário comparecer ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) portando documento de identidade, comprovante de residência e certidão de casamento. Para quem completar 16 anos até a data das eleições, o título é opcional. Aos maiores de 18 anos, o documento é obrigatório. No caso dos homens, é necessário ainda a apresentação de certificado de quitação do serviço militar.
Já para quem deseja somente transferir o título, é necessário apresentar, além dos documentos obrigatórios, o título de eleitor. Também é obrigatório residir no novo endereço há pelo menos três meses.
Deixando para o último dia, muitas pessoas compareceram ao TRE de Porto Alegre, formando duas filas: uma para quem já realizou o agendamento e outra para agendar o atendimento. Na manhã desta quarta, a fila para o agendamento dobrava a esquina. Algumas pessoas não precisavam estar na fila, como no caso de quem deixou de votar na última eleição. Para estes casos, o eleitor ainda pode regularizar a situação junto ao TRE em outra data.
De acordo com a gerente da Central de Atendimento do TRE, Jucira Silveira, o movimento ao longo desta quarta deve ser maior do que nos últimos dias. “Ontem realizamos cerca de 2 mil atendimentos. A expectativa para hoje é de quase 4 mil”, destaca.
Os eleitores tem até as 19h para comparecerem ao TRE. Quem não conseguir ser atendido hoje, deve receber uma senha com agendamento para esta quinta-feira (5).
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia