Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 30 de maio de 2016. Atualizado às 22h55.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

Síria

Notícia da edição impressa de 31/05/2016. Alterada em 30/05 às 22h53min

Negociador de paz pela oposição abandona o posto em Genebra

Negociador-chefe da oposição ao governo da Síria em Genebra, Mohammad Alloush abandonou o posto. Segundo ele, a comunidade internacional fracassou em fazer um progresso concreto para encerrar o conflito de cinco anos no país, e continuam os ataques cometidos pelo regime do presidente Bashar al-Assad.
"As últimas três rodadas de negociações em Genebra sob os auspícios da ONU não foram bem-sucedidas por causa da falta de disposição do regime em se comprometer e pela continuação dos bombardeios e agressões contra o povo sírio", disse Alloush na noite de domingo, em carta ao Alto Comitê de Negociações, órgão representativo da oposição em Genebra. Segundo ele, a comunidade internacional não foi capaz de "implementar as decisões, especialmente com respeito ao aspecto humanitário", para permitir a entrada de ajuda em áreas cercadas, a libertação de presos e um compromisso com o fim da violência.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia