Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 19 de maio de 2016. Atualizado às 23h30.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

saúde

Notícia da edição impressa de 20/05/2016. Alterada em 19/05 às 22h42min

Funcionários do Hospital Porto Alegre retomam atividades

Após paralisação de três dias, os trabalhadores do Hospital Porto Alegre (HPA) decidiram voltar ao trabalho nesta quinta-feira, mas permanecem em estado de greve até o dia 8 de junho, quando nova assembleia será realizada para deliberar sobre a possibilidade de greve geral. De acordo com o Sindicato dos Profissionais de Enfermagem, Técnicos, Duchistas, Massagistas e Empregados em Casas de Saúde do Rio Grande do Sul (Sindisaúde/RS), os salários de abril ainda não foram quitados integralmente.
Logo no primeiro dia de paralisação, uma segunda parcela dos salários foi quitada, mas nem todos os trabalhadores foram pagos. Além disso, em reunião que aconteceu segunda-feira, a instituição comunicou que, muito possivelmente, não haverá verba para quitar o salário de maio. Na segunda-feira, os trabalhadores do Beneficência Portuguesa também realizarão assembleia para definir a possibilidade de deflagrar greve. Da mesma forma, segundo o Sindisaúde/RS, servidores do Hospital de Clínicas poderão paralisar as atividades nas próximas semanas.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia