Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 30 de maio de 2016. Atualizado às 00h31.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Campeonato Brasileiro

Notícia da edição impressa de 30/05/2016. Alterada em 29/05 às 23h24min

Inter bate o Santos e segue no encalço do Tricolor

Aylon comemora o gol da vitória na Vila Belmiro

Aylon comemora o gol da vitória na Vila Belmiro


Ricardo Duarte/Internacional/JC
Jogando na Vila Belmiro, o Inter não se intimidou ontem, diante do Santos, e acabou recompensado pela boa atuação. Depois de muito insistir, o time do técnico Argel Fucks conseguiu, já no final da partida, superar a defesa do Peixe e vencer por 1 a 0. Com o resultado, o Colorado assumiu a vice-liderança do Brasileirão, com o mesmo número de pontos do arquirrival Grêmio, ficando atrás apenas no saldo de gols. Na quarta-feira, a equipe recebe o Atlético-PR.
Desde o início, o Inter mostrou mais disposição para ir ao ataque do que os donos da casa. Errando muitos passes, o Santos em nenhum momento propôs o jogo, e viu o adversário perder as - raras - chances de gol da primeira etapa.
No segundo tempo, o time gaúcho continuou na pressão, perdendo boas oportunidades com Andrigo e Ferrareis. Quando os paulistas começaram, finalmente, a entrar na partida, dois jogadores que recém haviam entrado em campo protagonizaram o lance que resultou no gol colorado. Aos 38, Alex cruzou na cabeça de Aylon, que deslocou o goleiro Vanderlei e garantiu os três pontos para o Inter.
Santos 0 x 1 Inter
Vanderlei; Victor Ferraz, David Braz, Luiz Felipe e Zeca; Thiago Maia, Renato, Vitor Bueno e Rafael Longuine (Ronaldo Mendes); Paulinho (Lucas Crispim) e Joel (Nolasco). Técnico: Dorival Jr.
Danilo Fernandes; William, Paulão, Ernando e Arthur; Fernando Bob, Fabinho, Andrigo (Alex) e Gustavo Ferrareis (Anselmo); Eduardo Sasha e Vitinho (Aylon).Técnico: Argel Fucks.
Árbitro: André Luiz de Freitas Castro (GO).
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia