Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sábado, 28 de maio de 2016. Atualizado às 14h05.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

fórmula 1

28/05/2016 - 13h45min. Alterada em 28/05 às 14h05min

Ricciardo bate Mercedes em Mônaco e faz primeira pole da carreira na F1

Australiano deixou as Mercedes para trás e fez a pole position do GP de Mônaco

Australiano deixou as Mercedes para trás e fez a pole position do GP de Mônaco


ANDREJ ISAKOVIC/AFP/JC
A vitória de Max Verstappen logo em sua primeira corrida pela Red Bull, há duas semanas, em Barcelona, jogou pressão sobre Daniel Ricciardo. E o australiano respondeu muito bem às cobranças. Neste sábado, ele deixou as Mercedes para trás e fez a pole position do GP de Mônaco, a primeira da carreira, recolocando a Red Bull em primeiro após dois anos e meio. Rosberg sai em segundo e Hamilton em terceiro. Felipe Massa foi mal e larga só na sétima fila.
Usando um motor atualizado da Renault, Ricciardo já havia feito o melhor tempo dos treinos livres de quinta-feira, colocando expressiva folga sobre a dupla da Mercedes. Desta vez, o australiano, de 26 anos, marcou 1min13s622, contra 1min13s791 de Rosberg e 1min13s942 de Hamilton. Vettel sai em quarto.
O inglês, aliás, tomou um susto. Ao sair do box para sua primeira participação no Q3, a Mercedes dele simplesmente apagou ainda antes de entrar na pista. Os mecânicos rebocaram o carro até a garagem e conseguiram consertá-lo a tempo de uma última volta lançada, quando Riccardo já tinha um tempaço.
Em Montecarlo, neste domingo, a Mercedes não sairá no primeiro lugar do grid pela primeira vez no ano, depois de três poles de Hamilton (Austrália, Bahrein e Espanha) e duas de Rosberg (China e Rússia). Em toda a temporada passada, a equipe britânica só não fez a pole uma vez, sendo superada pela Ferrari de Sebastian Vettel em Cingapura, em setembro, quando Ricciardo foi segundo tanto no treino quanto na corrida.
Neste sábado, ninguém segurou o australiano, que fez a segunda volta mais rápida da história do circuito, só atrás de Sebastin Vettel em 2011. Um alívio para a Red Bull, que viu Vestappen bater forte contra o muro na saída da Curva da Piscina.
Com todos os holofotes sobre ele depois de se tornar o mais jovem a vencer na F1, o garoto holandês passou sobre a zebra e quebrou a suspensão traseira da sua Red Bull. Sem controle do carro, foi parar no muro, paralisando a corrida com menos de 10 minutos do Q1.
Foi a segunda bandeira vermelha do dia, porque, mal o treino começou, e Felipe Nars saiu espalhando óleo pela pista depois de o motor estourar. Já é o segundo da Sauber, que vai ter que recorrer ao terceiro para a corrida. O limite para a temporada são cinco. O brasileiro vai dividir a última fila com Vestappen e depende de chuva no domingo para chegar aos pontos.
Felipe Massa também vai sair de trás. O brasileiro de Williams ficou no Q2, apenas com o 14.º tempo, não muito longe do companheiro Valteri Bottas, que foi o 11.º e também não passou para a parte final do treino.
Fernando Alonso conseguiu novamente levar a McLaren para o Q3 e vai largar em nono. Ele fez o décimo tempo, mas foi beneficiado pela punição da Kimi Raikkonen, que trocou a caixa de câmbio, perdeu cinco posições e vai sair em 11.º.
Confira o resultado final do treino classificatório do GP de Mônaco:
1º - Daniel Ricciardo (AUS/Red Bull), 1min13s622
2º - Nico Rosberg (ALE/Mercedes), 1min13s791
3º - Lewis Hamilton (ING/Mercedes), 1min13s942
4º - Sebastian Vettel (ALE/Ferrari), 1min14s552
5º - Nico Hülkenberg (ALE/Force India), 1min14s726
6º - Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari), 1min14s732 (sai em 11.º)
7º - Carlos Sainz Jr (ESP/Toro Rosso), 1min14s749 (sai em sexto)
8º - Sergio Pérez (MEX/Force India), 1min14s902 (sai em sétimo)
9º - Daniil Kvyat (RUS/Toro Rosso), 1min15s273 (sai em oitavo)
10º - Fernando Alonso (ESP/McLaren), 1min15s363 (sai em nono)
---------------------------------------------------
11º - Valtteri Bottas (FIN/Williams), 1min15s273 (sai em décimo)
12º - Esteban Gutierrez (MEX/Haas), 1min15s293
13º - Jenson Button (ING/McLaren), 1min15s352
14º - Felipe Massa (BRA/Williams), 1min15s385
15º - Romain Grosjean (FRA/Haas), 1min15s571
16º - Kevin Magnussen (DIN/Renault), 1min16s058
---------------------------------------------------
17º - Marcus Ericsson (SUE/Sauber), 1min16s99
18º - Jolyon Palmer (ING/Renault), 1min16s586
19º - Rio Haryanto (IND/Manor), 1min17s295
20º - Pascal Wehrlein (ALE/Manor), 1min17s452
21º -Max Verstappen (HOL/Red Bull), 1min22s467
22º - Felipe Nasr (BRA/Sauber), sem tempo
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia