Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 11 de maio de 2016. Atualizado às 21h35.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Copa do Brasil

11/05/2016 - 21h28min. Alterada em 11/05 às 21h35min

Após ressaca, Juventude bate Coritba por 1 a 0 no Alfredo Jaconi

Wallacer, de costas, anotou o gol do Juventude contra o Coritiba

Wallacer, de costas, anotou o gol do Juventude contra o Coritiba


Coritiba/Divulgação/JC
Na noite desta quarta-feira (11), pela partida de ida da segunda fase da Copa do Brasil, o Juventude recebeu o Coritba no Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul, e venceu o rival paranaense por 1 a 0. O atual vice-campeão gaúcho encarou o vice-campeão paranaense em uma partida de ressaca da parda do título no último final de semana.
Apesar das ausências no ataque com o centroavante Hugo, que expirou o contrato após o jogo contra o Internacional, e o atacante Roberson, que foi poupado, além do zagueiro Pereira, que segue lesionado, o treinador Antônio Carlos Zago apostou no entrosamento da equipe para surpreender os visitantes.
Aos 13 minutos do primeiro tempo, após cobrança de escanteio, Wallacer aproveitou uma bobeira da defesa do Coritba, arrematou de direita para vencer a meta defendida por Elisson para abrir o placar a favor da papada.
Sem poder de reação, os paranaenses acabaram trocando passes na meia-cancha e sem efetividade de ameaçar o arco de Elias.
"Gol importante. Foi bem no início, isso tranquiliza nossa equipe a jogar. Em mata-mata vencer é super importante. Sem tomar gol, principalmente. Nossa equipe conseguiu isso. É continuar esse ritmo para sair com um grande resultado e tentar a classificação na volta", comentou Wallacer no intervalo.
Na etapa complementar, o Juventude chegou perto de ampliar aos 11 minutos, quando Itaqui cruzou para a área, Heverton testou a bola, mas ela saiu para a linha de fundo. Mais tarde, o técnico Zago foi expulso por reclamação às marcações da arbitragem, aos 18.
O Coritiba chutou aos 24 minutos, com Vinícius, mas Elias salvou a meta jaconera.
Como jogo equilibrado e sem perigo as metas, bastou ao elenco do Juventude administrar a vitória e garantir a vantagem par ao próximo jogo.
O Juventude volta a campo no dia 22, diante do Ypiranga, pela primeira rodada da Série C do Campeonato Brasileiro. O Coritiba estreia na Série A diante do Cruzeiro, às 21h do próximo sábado, no estádio Couto Pereira.
No reencontro, os caxienses visitam Curitiba no dia 19, no Couto Pereira. Os gaúchos jogam pelo empate, para o Coritiba resta vencer por um placar de dois tentos ou mais. Empate garante a papada à próxima fase.
Juventude 1 x 0 Coritiba
Elias; Vidal, Heverton, Klaus e Pará; Vacaria, Itaqui (Bruno Ribeiro), Lucas e Wallacer; Dieguinho (Felipe Lima) e Dionas Bruno (Kayron). Técnico: Antônio Carlos Zago.
Elisson; Dodô, Juninho, Rafael Marques e César Benítez; Ícaro, João Paulo, Thiago Lopes (Jorge Ortega) e César González; Negueba (Vinícius) e Leandro (Raphael Veiga). Técnico: Gilson Kleina.
Árbitro: Thiago Duarte Peixoto
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia