Porto Alegre, sexta-feira, 05 de junho de 2020.
Dia Mundial da Ecologia e do Meio Ambiente.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sexta-feira, 05 de junho de 2020.
Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

Dia Mundial do Meio Ambiente

27/12/2016 - 18h48min. Alterada em 05/06 às 07h26min

Coletivo Criatura: um olhar sensível sobre a extinção

Cartaz com a imagem de um lobo-guará é uma das criações do Coletivo Criatura

Cartaz com a imagem de um lobo-guará é uma das criações do Coletivo Criatura


MARCO QUINTANA/JC
O Coletivo Criatura, criado por Clarissa Faccini, Michelle Dona, Vinicius Goulart e Fernanda Puricelli, todos estudantes de Artes Visuais da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs), busca sensibilizar sobre a causa dos animais em extinção no Estado. A série "Procura-se" levou as artes para as ruas - através de cartazes "lambe-lambe" - e provocou reflexão. "Compartilhamos o gosto por desenhar animais e encontramos um motivo maior para isso", comenta Clarissa Faccini.
O Coletivo Criatura, criado por Clarissa Faccini, Michelle Dona, Vinicius Goulart e Fernanda Puricelli, todos estudantes de Artes Visuais da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs), busca sensibilizar sobre a causa dos animais em extinção no Estado. A série "Procura-se" levou as artes para as ruas - através de cartazes "lambe-lambe" - e provocou reflexão. "Compartilhamos o gosto por desenhar animais e encontramos um motivo maior para isso", comenta Clarissa Faccini.
As pesquisas que inspiraram o tema aconteceram no acervo do Jardim Botânico e, a partir disso, os artistas começaram a trabalhar nas ilustrações. "Lembro que, quando colamos um dos primeiros cartazes, com a arte do lobo-guará, uma senhora nos parou na rua e perguntou: 'vocês perderam um cachorrinho?'. E então explicamos sobre a espécie ameaçada", relembra. O próximo passo do grupo é o lançamento de um pequeno livro com as ilustrações compiladas. Para acompanhar o trabalho, siga o Coletivo Criatura no Instagram.
Leia também
Comentários