Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 30 de maio de 2016. Atualizado às 22h52.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Logística

Notícia da edição impressa de 31/05/2016. Alterada em 30/05 às 22h52min

Malha pavimentada cresce 23,2% em 15 anos no Brasil

No Estado, estradas asfaltadas totalizam 11.354,7 quilômetros

OBRAS NA BR-101, LITORAL DO RS. PISTA DUPLICADA DA RODOVIA. ESTRADA FEDERAL. OBRAS DE DUPLICAÇÃO. OBRAS NO ACOSTAMENTO. ESCAVADEIRA NA PISTA.


JOÃO MATTOS/JC/JC
A Confederação Nacional do Transporte (CNT) divulgou ontem os resultados do primeiro Anuário CNT do transporte no Brasil. Os resultados mostram, entre outros dados, que o total de rodovias pavimentadas no País cresceu 23,2% nos últimos 15 anos, passando de 170,9 mil quilômetros (km) com pavimento em 2001 para 210,6 mil quilômetros em 2015 - o resultado corresponde a um crescimento médio de apenas 1,5% ao ano. No Rio Grande do Sul, a malha pavimentada passou de 8.637,4 km em 2001 para 11.354,7 km em 2015, um aumento de 31,46%. O crescimento médio no Estado foi de 2,1% ao ano.
"O crescimento (de rodovias pavimentadas) foi somente de 39,7 mil quilômetros, para um tipo de transporte que corresponde a mais de 60% das movimentações de carga e a mais de 90% dos deslocamentos de passageiros. O investimento em infraestrutura foi baixo", diz a entidade.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia