Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 25 de maio de 2016. Atualizado às 13h00.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

empresas

25/05/2016 - 13h00min. Alterada em 25/05 às 13h00min

Após 8 anos, Coca-Cola troca comando no Brasil

Depois de oito anos à frente da Coca-Cola no Brasil, o mexicano Xiemar Zarazúa deixará o cargo para assumir o posto de vice-presidente de empreendimentos da The Coca-Cola Company na América Latina. Para seu lugar, virá, em 1º de setembro, o brasileiro Henrique Braun, que estava à frente das operações da marca na China e na Coreia - terceira maior divisão global do grupo.
Braun começou a carreira na Coca-Cola em 1996. Entre os cargos que ele já exerceu no País estão vice-presidente de técnica e logística e vice-presidente de operações. Formado em Engenharia Agrícola pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), ele tem mestrado em Engenharia Industrial pela Michigan State University e MBA pela Georgia State University, ambas nos EUA.
Segundo divulgou a empresa, Xiemar Zarazúa deixará a operação brasileira após concretizar investimentos de R$ 14,1 bilhões entre 2012 e 2016, valor 50% superior ao dos cinco anos anteriores. O executivo ajudou na diversificação do portfólio da empresa, sendo o movimento mais recente a compra da mineira Laticínios Verde Campo, por meio da Leão Alimentos e Bebidas, aquisição anterior do grupo no País.
Outro executivo brasileiro, João Marcelo Ramires, foi escolhido para presidir a operação sul-americana que engloba países como Argentina, Uruguai, Paraguai, Chile, Bolívia e Peru.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia