Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 23 de maio de 2016. Atualizado às 22h50.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR
Notícia da edição impressa de 24/05/2016. Alterada em 23/05 às 22h49min

Varejo cai 10,9% em abril, maior índice para o mês desde 2007

Segmento de supermercados teve o maior recuo, de 12,4%

CADERNO EXPOAGAS 2015 - SUPERMERCADO NACIONAL DA RUA CARAZINHO. NA FOTO: MOVIMENTO NOS CORREDORES DO SUPERMERCADO NACIONAL


ANTONIO PAZ/JC
As vendas no varejo registraram queda real de 10,9% em abril na comparação com o mesmo mês de 2015, de acordo com o Instituto para Desenvolvimento do Varejo (IDV). A entidade, que reúne alguns dos maiores grupos varejistas do Brasil, aponta que este é o pior desempenho para o mês desde o início das medições, em 2007.
O instituto ponderou que o resultado foi afetado pela deterioração do cenário macroeconômico, mas destacou que um efeito de calendário contribuiu para a queda. As vendas de Páscoa foram contabilizadas em sua maior parte no mês de março este ano, enquanto elas haviam ocorrido em abril no ano passado.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia