Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 12 de maio de 2016. Atualizado às 23h51.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Cooperativismo

Notícia da edição impressa de 13/05/2016. Alterada em 12/05 às 22h11min

Ecocredi inaugura nova sede em Três Coroas e prevê novas agências a partir de 2018

Correa cita vantagens do sistema

Correa explica que o o sistema oferece juros e taxas bem abaixo do mercado, entre outros benefícios nas operações de crédito


JONATHAN HECKLER/JC
Resultado de um investimento de mais de R$ 1,5 milhão, a nova sede administrativa da Ecocredi será inaugurada na segunda-feira em Três Coroas. O prédio de 1.356 metros quadrados receberá os principais setores da gestão da cooperativa, além de uma agência para associados locais. "Nosso plano de expansão prevê ainda a implementação de uma a duas agências por ano, a partir de 2018", comenta o diretor de Negócios da organização, João Correa Júnior. Além de reunir um grande número de empresas calçadistas dos Vales do Paranhana e dos Sinos, a Ecocredi mantém entre os 6,5 mil associados companhias de setores como o moveleiro, transportes, comércio e turismo.
Qualquer pessoa física (com capital a partir de R$ 300,00) ou jurídica (R$ 1 mil) pode abrir conta na cooperativa, destaca Correa. Ele ressalta que o sistema oferece juros e taxas bem abaixo do mercado, entre outros benefícios nas operações de crédito (pessoal ou agrícola), cheque especial, capital de giro, financiamento e linhas de Bndes. A área de atuação da Ecocredi reúne 28 municípios. Além da sede regional, a cooperativa está presente no Rio Grande do Sul através de seis agências.
"Desde que foi implementada no Estado, a Ecocredi cresceu muito rápido: em 2010, eram cinco colaboradores e R$ 6 milhões de patrimônio. Hoje, temos 85 colaboradores e dirigentes; e já alcançamos um patrimônio de R$ 40 milhões", comenta a responsável pela Comunicação e Marketing, Gabriela Saruel Esteves. Neste período, também o resultado operacional deu um salto de R$ 183,9 mil para mais de R$ 9 milhões em 2015. "Geramos também em torno de R$ 25 milhões de economia em taxas e tarifas no ano passado. Somando com o resultado operacional, chegamos a R$ 34 milhões redistribuídos na economia dos seis municípios onde temos agências", completa Correa.
A meta agora é ampliar o crescimento do patrimônio líquido em 30% e outros 20% no quadro social, afirma o diretor. Outra novidade é a aposta na sustentabilidade, a partir de um investimento em energia fotovoltaica (produzida a partir de luz solar), que deve representar em torno de 50% do consumo da estrutura do novo prédio.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia