Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 12 de maio de 2016. Atualizado às 12h32.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

agronegócios

12/05/2016 - 12h32min. Alterada em 12/05 às 12h32min

JBS reverte e registra prejuízo de R$ 2,741 bilhões no 1º tri de 2016

A JBS reverteu o lucro do primeiro trimestre de 2015 e registrou prejuízo de R$ 2,741 bilhões ao final do primeiro trimestre de 2016. O resultado foi impactado, segundo a empresa, no informe de resultados enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), pelo resultado da proteção cambial.
O Ebitda (Lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado recuou 22,5% de janeiro a março de 2016 ante igual intervalo do ano passado, para R$ 2,137 bilhões. A margem Ebitda ficou em 4,9%. Segundo o informe de resultados, o Ebitda foi impactado pela redução de 35,8% do Ebitda da PPC e pelo resultado negativo da JBS USA Carne Bovina.
De janeiro a março deste ano, a receita líquida totalizou R$ 43,911 bilhões, um avanço de 29,8% em relação ao mesmo período do ano passado.
No primeiro trimestre deste ano, a JBS registrou uma despesa financeira líquida de R$ 4,765 bilhões.
A receita de variações cambiais ativas e passivas foi de R$ 1,854 bilhão, enquanto que o resultado financeiro com derivativos, que inclui as despesas relacionadas à proteção da variação de moedas, foi de R$ 5,823 bilhões.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia