Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 12 de maio de 2016. Atualizado às 02h08.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Mercado de Capitais

Notícia da edição impressa de 12/05/2016. Alterada em 12/05 às 02h07min

Dólar à vista fecha sessão em baixa de 0,61%

arte_bolsa_bovespa.jpg

arte_bolsa_bovespa.jpg


No dia em que o Senado Federal votou sobre o impeachment da presidente Dilma
Rousseff, o dólar fechou em baixa de 0,61%, cotado a R$ 3,4474 no mercado à vista. A expectativa pelo afastamento da presidente fez investidores continuarem a vender a divisa americana.
A queda do dólar aconteceu apesar de o Banco Central (BC) ter feito durante o dia três leilões de swap cambial reverso, retirando dólares do sistema. Nessas operações, o BC vendeu 47.970 contratos, que corresponderam a US$ 2,4 bilhões. Na abertura, o dólar chegou a subir ante o real, atingindo a máxima de
R$ 3,4804 ( 0,34%) às 9h02, com a expectativa do primeiro leilão.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia