Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 09 de maio de 2016. Atualizado às 22h41.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Crédito

Notícia da edição impressa de 10/05/2016. Alterada em 09/05 às 22h40min

MPEs terão R$ 5 bilhões em financiamento do FAT

Afif criticou contrapartida que impede demissões em 12 meses

Afif criticou contrapartida que impede demissões em 12 meses


MARCELO CAMARGO/ABR/JC
O ministro do Trabalho e Previdência Social, Miguel Rossetto, anunciou ontem, uma linha de R$ 5 bilhões para capital de giro de micro e pequenas empresas (MPEs). Os recursos são provenientes do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), responsável pelo pagamento do seguro-desemprego e abono salarial.
A linha, que vai ficar em vigor até dezembro de 2017, foi aprovada na reunião desta segunda-feira do Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat), formado por representantes do governo, dos trabalhadores e dos patrões.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia