Porto Alegre, terça-feira, 03 de maio de 2016. Atualizado às 08h07.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
14°C
21°C
11°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 3,4890 3,4910 1,48%
Turismo/SP 3,4000 3,6300 2,25%
Paralelo/SP 3,4000 3,6300 2,25%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral | Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas | GeraçãoE
ASSINE  |   ANUNCIE 
COMENTAR CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR

Trabalho 02/05/2016 - 13h20min. Alterada em 02/05 às 19h32min

Sindicato vai à justiça para reverter demissões na GM em Gravataí

FREDY VIEIRA/JC
Ascari (centro) disse que a intenção é recuperar os empregos

Luiz Eduardo Kochhann

O Sindicato dos Metalúrgicos de Gravataí (Sinmgra) anunciou, nesta segunda-feira (2), que buscará o Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 4ª Região para reverter a demissão de 300 trabalhadores da fábrica de automóveis da General Motors (GM) no município. Na sexta-feira (29), a entidade foi comunicada das demissões. A montadora alegou a queda nas vendas superior a 26% até abril deste ano. 
Os metalúrgicos também não descartam realizar ações com reflexo sobre o funcionamento da fábrica, como a possibilidade de operação tartaruga. Sobre a alegação de queda nas vendas feita pela montadora, os dirigentes alegam o aumento na comercialização dos automóveis produzidos na fábrica no primeiro trimestre.
“Há um dispositivo legal que garante a obrigação de se estabelecer negociação com os sindicatos antes de demissões em massa, o que não foi feito nesse caso. Inclusive, vínhamos insistindo em um diálogo sobre a situação dos trabalhadores em lay off, mas a GM não se posicionou”, afirma o diretor jurídico do Sinmgra, Edson Dorneles.
A entidade pedirá a instauração de dissídio coletivo no TRT. Eram 751 funcionários do terceiro turno em lay off desde dezembro, entre os quais estavam os demitidos na semana passada. Outros 102 empregados já haviam sido desligados pela empresa desde janeiro.
“Nossa atuação será pela manutenção da empregabilidade. Por isso, vamos discutir juridicamente a readmissão dos 300 trabalhadores, pois entendemos se tratar de um número que a empresa pode acomodar em outros turnos”, destacou o presidente do Sinmgra, Valcir Ascari.
De acordo com o Singram, foram demitidos, durante os anos de 2014 e 2015, respectivamente, 3,9 e 3,4 mil metalúrgicos em Gravataí. De janeiro até o fim de abril de 2016, mais 680 pessoas ligadas ao setor perderam seus empregos na cidade.


COMENTÁRIOS
ana cristina silva dos santos - 02/05/2016 20h09min
o sindicato tem que fazer algo pois muitos pais de familia foran demitidos e por a gm ser uma empresa de grande porte poderia ter dividido estes funcionarios a outros setores pois com serteza os grandes nao forao demitido

DEIXE SEU COMENTÁRIO CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR
LEIA TAMBÉM
Consórcio demite funcionários e paralisa obras da ponte do Guaíba em Porto Alegre Em meio à crise, Justiça do Trabalho 'pode fechar as portas', diz Ives Gandra Desemprego no 1º trimestre vai a 10,9%, maior taxa da série iniciada 2012, diz IBGE Brasil é quarto no mundo em acidentes de trabalho, alertam juízes
Segundo a Organização Internacional do Trabalho (OIT), o Brasil está atrás apenas de China, Índia e Indonésia

 EDIÇÃO IMPRESSA

Clique aqui
para ler a edição
do dia e edições
anteriores
do JC.


 
para folhear | modo texto
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
Digite o resultado
da operação matemática
neste campo