Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 19 de maio de 2016. Atualizado às 23h31.

Jornal do Comércio

Colunas

COMENTAR | CORRIGIR

Frases e Personagens

Notícia da edição impressa de 20/05/2016. Alterada em 19/05 às 21h33min

Frases e personagens

"Fui coerente, ao votar contra o reajuste de Assembleia, Judiciário, TCE, MP e Defensoria Pública, pois, antes, pedi que o Estado não aumentasse impostos. Se os professores, os policiais e os servidores do Executivo não têm reajuste e recebem parcelado com valores mais baixos, não é justo dar para outros, mesmo que haja independência orçamentária. A fonte do dinheiro é a mesma." Zilá Breitenbach (PSDB), deputada estadual.
"Temos sete denúncias sobre agentes de fiscalização da EPTC que trabalhariam para o Uber. Vamos averiguar. A EPTC obedece a lei, e a população pode denunciar, até pela internet. Agora, a denúncia precisa de investigação. Mas eu não tive, não tenho e jamais terei táxi." Vanderlei Cappellari, secretário dos Transportes e presidente da EPTC.
"Desde o início do Uber em Porto Alegre, a EPTC buscou criar um ambiente de proteção ao serviço de táxi. Agora, o prefeito José Fortunati (PDT) enviou projeto de lei à Câmara sobre o Uber. Mas, queremos aprimorar o serviço de táxi, com uniforme na categoria e uma frota qualificada, com GPS. Mas, os táxis da Capital estão com menor ocupação, pela crise econômica, que atingiu também os lotações." Também Vanderlei Cappellari.
"Acredito em conexões, especialmente naquelas entre os setores público e privado, para buscar crescimento acelerado. E foi isso que vimos hoje: casos de inovação no serviço público que ajudam a modificar cenários". Letícia Batistela, presidente da Associação Brasileira das Empresas de TI do Rio Grande do Sul, durante mediação no 9º Fórum Internacional de TI Banrisul.
"O Estado está mal das finanças, junto com 12 outros estados. Estávamos atrasados três meses com alguns colégios, e repassamos dois meses. E mantemos contatos com o Cpers sobre a paralisação, mas a falta de verbas é grande." Márcio Biolchi (PMDB), chefe da Casa Civil.
"Os inimigos do Fernando sofreram com as bruxarias, muitos deles tiveram fim trágico." Rosane Malta, ex-mulher do ex-presidente Collor.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia