Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 05 de maio de 2016. Atualizado às 23h55.

Jornal do Comércio

Colunas

COMENTAR | CORRIGIR
Fernando Albrecht

Começo de Conversa

Notícia da edição impressa de 06/05/2016. Alterada em 05/05 às 21h56min

O recomeço

Obras estavam paradas desde o ano passado

Obras estavam paradas desde o ano passado


RH/DIVULGAÇÃO/JC
Depois de longo período de paralisação desde setembro do ano passado , foram retomadas as obras de duplicação da Voluntários da Pátria, na região da Rodoviária, iniciadas há três anos. A intenção da associação dos empresários da região é de colaborar com a prefeitura na revitalização, depois de forte degradação nos últimos anos devido às obras. A foto mostra a esquina com a Garibaldi.

Subindo por onde se desce

Tudo na vida é câmbio. Você dorme rico e acorda pobre ou vice-versa, dependendo da oscilação cambial. A Gol é um bom exemplo. A aérea tem uma dívida bruta de R$ 17 bilhões, mas 42% dela é efeito da desvalorização do real.

Palpite (in)feliz?

O tempo combinado para a entrevista já tinha estourado, mas o editor de Economia do Jornal do Comércio, Luiz Guimarães, insistiu em fazer a última pergunta. O governador José Ivo Sartori (PMDB) concordou. Veio a questão: "Qual o seu palpite para a decisão no Beira-Rio?" Ex-prefeito de Caxias do Sul e torcedor do Juventude, o governador não titubeou: 2 a 1 para o Ju. Segunda, cobraremos. Ou não.

O arsenal de Cunha

O afastamento do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), marca um novo turno. O parlamentar já provou que é osso duro de roer e que seu arsenal de artimanhas legais estava longe de se esgotar. Resta saber se ele tem petardos nucleares estocados ou o que sobrou é apenas foguete de São João. Lá atrás, um assessor insinuou que ele tinha muita linguiça embaixo do pirão.

A guerra do Farrapos I

A Justiça Federal e a leiloeira oficial Joyce Ribeiro realizam dia 12 de maio leilão presencial e on-line (www.leiloesjudiciais.com.br/rs) do terreno e edificação do Clube Farrapos, na avenida Cristiano Fischer, em Porto Alegre. O imóvel, com 86,4 mil metros quadrados, está avaliado em R$ 86 milhões. Dá para parcelar em até 30 meses.

A guerra do Farrapos II

Tudo indica que vai ser um leilão muito disputado, talvez uma guerra, mesmo que o mercado não esteja plenamente aquecido. Quem arrematar a área poderá construir prédios altos (até 18 andares) com vista infinita, porque a área é lindeira ao Jardim Botânico, que obviamente nunca (?) vai ser vendido para o mercado imobiliário.

O enterro do fio I

Diversos leitores fotografaram os emaranhados de fios pelos postes da cidade
Diversos leitores fotografaram os emaranhados de fios pelos postes da cidade
KV/DIVULGAÇÃO/JC
A nota publicada ontem sobre a quantidade de fios emaranhados cidade afora foi capturada por uma emissora de rádio, que reptou o vice-prefeito da Capital, Sebastião Melo (PMDB), na quinta-feira pela manhã. "Como está não fica", asseverou o vice, que entra de cabeça na questão. Da colenda, veio a manifestação do vereador Airto Ferronato (PSB).

O enterro do fio II

Ferronato, que é autor de lei que obriga a prefeitura a fiscalizar, restringir e exigir a retirada de fios e cabos excedentes, está conversando com o Executivo no sentido de fazer a lei ser cumprida. O vereador concorda que enterrar toda a rede é caro e impactaria muito na tarifa, mas que é solução a médio e longo prazos.

Miúdas

  • VIRA e mexe, lá está de novo o Maranhão decidindo os destinos do Brasil.
  • PAÍS está vivendo uma purificação. Porém - e sempre tem um -, como no filme, às vezes, eles voltam.
  • COMO no famoso livro "O Leopardo", de Tomasi di Lampedusa, tudo tem que mudar para continuar a mesma coisa.
  • BOM programa para o Dia das Mães em Porto Alegre: fazer o passeio Caminhos Rurais, o popular caminho das roça.
  • CHAPA liderada pelo coronel Marcelo Frota foi a vencedora das eleições da Associação dos Oficiais da Brigada Militar.

Finais

  • PANVEL abriu filial no aeroporto Salgado Filho, próxima ao embarque internacional.
  • ASSOCIAÇÃO Riograndense de Propaganda (ARP) lança mais uma edição da revista Review.
  • AMBEV destinou verba arrecadada com convites do Tomorrowland para ONG apoiada pelo programa "Na Responsa!".
  • STICC (construção civil) e Sinduscon utilizam 30 fiscais para combater o Aedes.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia