Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 05 de maio de 2016. Atualizado às 19h55.

Jornal do Comércio

Viver

COMENTAR | CORRIGIR

cinema

Notícia da edição impressa de 06/05/2016. Alterada em 05/05 às 19h04min

Reencontro com a tradição

O décimo homem tem direção do premiado cineasta argentino Daniel Burman

O décimo homem tem direção do premiado cineasta argentino Daniel Burman


DANIEL ORTEGA /DIVULGAÇÃO/JC
O drama argentino O décimo homem centra sua história em Ariel (Alan Sabbagh), que se tornou um bem-sucedido economista de Nova Iorque, depois de se afastar de seu pai, famoso em seu antigo bairro na Argentina, onde organiza uma fundação de caridade. Quando sua família o convida para retornar ao lar para uma festividade, ele irá se surpreender com as diferenças entre sua nova vida e as antigas tradições dos seus parentes. No retorno a Once, o bairro judeu de sua infância, ocorre um reencontro com a tradição que deu origem ao estranhamento.
O filme tem direção de Daniel Burman, que venceu o Urso de Prata do Festival de Berlim 2004, com o título O abraço partido, e também o Festival de Chicago em 2010, com o longa Dois irmãos.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia