Porto Alegre, quinta-feira, 28 de abril de 2016. Atualizado às 00h29.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
10°C
17°C
5°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 3,5190 3,5210 0,02%
Turismo/SP 3,4500 3,6300 0%
Paralelo/SP 3,4500 3,6300 0%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral | Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas | GeraçãoE
ASSINE  |   ANUNCIE 
COMENTAR CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR

Operação Lava Jato Notícia da edição impressa de 28/04/2016. Alterada em 28/04 às 00h29min

Presidente do STJ critica protagonismo de juízes

Com manifestações de apoio à Operação Lava Jato, o ministro Francisco Falcão, presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), se opôs ao protagonismo de integrantes do Judiciário nas investigações na abertura de um debate sobre a Operação Mãos Limpas nesta quarta-feira. Sem citar o nome do juiz Sérgio Moro, Falcão afirmou que o combate à corrupção não deve se concentrar em apenas uma figura.
"O combate à corrupção, não a esporádica e eventual, mas essa que parece enraizada, deve ser idealizado a partir de uma perspectiva mais ampla. Não é labor que se deva esperar de um homem só, de uma única instituição pública. Não é desafio que se deva buscar superar sem que se atente para o que se passa alhures", defendeu o ministro na abertura do evento.

Leia o texto integral em nossa
ediÇÃo para folhear

  • Acesso gratuito, durante fase de avaliação, mediante cadastro.
  • Clique aqui para acessar.
COMENTÁRIOS
Deixe seu comentário sobre este texto.



DEIXE SEU COMENTÁRIO CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR
LEIA TAMBÉM
Presidente do STJ se opõe a protagonismo de membros do Judiciário na Lava Jato
Sem citar o nome do juiz Sérgio Moro, Falcão afirmou que o combate à corrupção não deve se concentrar em apenas uma figura
Ex-executivos da Odebrecht vão para prisão domiciliar
Em depoimento, Fernando Baiano confirma pagamento de propina a Cunha
Fernando Baiano, confirmou o repasse de dinheiro oriundo do esquema de propina na Petrobras ao presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha
STF mantém prisão do empresário Marcelo Odebrecht

 EDIÇÃO IMPRESSA

Clique aqui
para ler a edição
do dia e edições
anteriores
do JC.


 
para folhear | modo texto
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
Digite o resultado
da operação matemática
neste campo