Porto Alegre, domingo, 03 de abril de 2016. Atualizado às 16h22.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
28°C
30°C
22°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 3,5600 3,5620 0,97%
Turismo/SP 3,5800 3,7700 0,53%
Paralelo/SP 3,5800 3,7700 0,53%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral | Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas | GeraçãoE
ASSINE  |   ANUNCIE  |   ATENDIMENTO ONLINE
COMENTAR CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR

Câmara de Porto Alegre 02/04/2016 - 14h58min. Alterada em 02/04 às 15h09min

Projeto que altera Plano Diretor de Porto Alegre será votado na segunda-feira

ANTONIO PAZ/Arquivo/JC
Avenida João Pessoa é uma das que pode ter o índice construtivo alterado se a lei for aprovada

Guilherme Kolling

O primeiro projeto a ser votado na sessão de segunda-feira (4/4) da Câmara Municipal de Porto Alegre, às 14h, pode alterar as regras para a construção civil em pelo menos 20 bairros. A proposta estimula prédios maiores em diversas áreas da cidade, através da venda de índices construtivos.
Tudo depende da votação do veto do prefeito José Fortunati (PDT) a uma proposta apresentada pelo vereador Reginaldo Pujol (DEM). Se o Legislativo derrubar o veto, o Plano Diretor terá grandes mudanças.
Fortunati vetou o incentivo à construção civil nos terrenos de ruas internas que estão a até 120 metros de distância de todas as avenidas que receberão, no futuro, os corredores de ônibus BRT (Bus Rapid Transit).
Em entrevista coletiva na Federasul, em março, Fortunati defendeu o veto, argumentando que as construtoras que se beneficiarem com a flexibilização na lei deveriam dar uma contrapartida à cidade. 


COMENTÁRIOS
Tereza - 03/04/2016 09h47min
Onde estão os estudos que justificam esta modificação no PD? Em que momento este tema foi discutido com a sociedade?

DEIXE SEU COMENTÁRIO CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR
LEIA TAMBÉM
Vereadores suplentes se despedem do Legislativo Legislativo registra plenário esvaziado Mantido veto à divulgação de gastos com publicidade Aprovada obrigatoriedade de nível superior para cargos de fiscalização na Capital

 EDIÇÃO IMPRESSA

Clique aqui
para ler a edição
do dia e edições
anteriores
do JC.


 
para folhear | modo texto
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
Digite o resultado
da operação matemática
neste campo