Porto Alegre, segunda-feira, 18 de abril de 2016. Atualizado às 22h30.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
26°C
29°C
24°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 3,5960 3,5980 2,04%
Turismo/SP 3,4700 3,7300 1,63%
Paralelo/SP 3,4800 3,7300 1,63%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral | Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas | GeraçãoE
ASSINE  |   ANUNCIE 
COMENTAR CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR

Artigo Notícia da edição impressa de 19/04/2016. Alterada em 18/04 às 20h18min

Desenvolvimento pessoal em tempos de crise

Lília Sabrina da Cunha

A crise econômica que nos engendra não atinge somente empresas. Ela tem comprometido o humor das pessoas e com isso afeta também a energia para enfrentar a vida. É possível sentir a onda negativa que vibra entre nós. Seja lá onde estivermos ou com quem conversarmos, a crise sempre invade o assunto e se instala como pauta. Talvez jamais tenhamos necessitado tanto de maturidade emocional. De fato é difícil ignorar a crise. Porém acredito que podemos sim escolher se a viveremos ou não. Diante disso surge a necessidade de um cuidado sobre si mesmo, sobre o que pensar, como agir, enfim, uma atenção especial ao nosso comportamento independente do contexto em que estamos inseridos. Isso porque não podemos permitir que a crise determine nossa performance, tampouco o fluxo de nossos pensamentos. Se isso ocorrer estamos perdidos. Foi assim que em 2014 decidi investir em meu desenvolvimento como pessoa. Encontrei o coaching, que é um processo maravilhoso de desenvolvimento humano e me possibilitou atuar profissionalmente contribuindo com o desenvolvimento de outras pessoas. Hoje, além de professora, sou coach executiva e também realizei uma série de outras formações e treinamentos. Desde então utilizo a metodologia do coaching em minha vida pessoal e profissional porque ela impulsiona o protagonismo, incentiva a ação, estimula o autoconhecimento e, principalmente, promove resultados a mim e às pessoas com quem interajo. Isso porque potencializa os recursos que as pessoas têm para investir nas adversidades e principalmente, naquilo que realmente desejam alcançar. Portanto, desenvolver-se enquanto ser humano é a melhor resposta que podemos dar para a crise que se instalou sem que a convidássemos!
Professora e consultora em RH
COMENTÁRIOS


DEIXE SEU COMENTÁRIO CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR
LEIA TAMBÉM
Palavra negada!
A agricultura familiar representa 84% dos estabelecimentos rurais do Brasil
Opinião econômica: Populismo Inovação na geração de energia
As novas regras para microgeração, aprovadas pela Aneel, entraram em vigor no dia 1 de março deste ano e trazem um cenário positivo para esta forma de geração de energia
Apoio a Sérgio Moro
Os petistas afirmam que nunca se investigou tanto. Segundo eles, somente agora o governo permite que se façam as investigações e que o governo do PT não exerce pressão sobre o Judiciário

 EDIÇÃO IMPRESSA

Clique aqui
para ler a edição
do dia e edições
anteriores
do JC.


 
para folhear | modo texto
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
Digite o resultado
da operação matemática
neste campo