Porto Alegre, quarta-feira, 06 de abril de 2016. Atualizado às 22h47.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
23°C
30°C
22°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 3,6450 3,6470 0,89%
Turismo/SP 3,5900 3,8100 0,52%
Paralelo/SP 3,5900 3,8100 0,52%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral | Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas | GeraçãoE
ASSINE  |   ANUNCIE  |   ATENDIMENTO ONLINE
COMENTAR CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR

Artigo Notícia da edição impressa de 07/04/2016. Alterada em 06/04 às 19h43min

Os caminhos de março

José Maria Rodrigues de Vilhena

Nos últimos 35 anos, participei de todas as grandes manifestações de rua no Brasil. Considere-se aí Anistia, Diretas Já, Fora Collor, entre outras. Posso afirmar, as manifestações deste março de 2016 são históricas. O movimento contra a corrupção, a mentira e o governo deletério do País possui um caráter especial, não está organizado por partidos políticos, organizações midiáticas ou interesses negociais como é de praxe nas terras brasileiras. Não, agora é diferente. Sem tutela, há uma onda de indignação que varreu a acomodação, o medo, e foi gerada no profundo oceano da honra, povo que não tem virtude acaba por ser escravo.
Transcende revolta contra com a crise econômica, pois caracterizaria uma luta com interesses meramente pessoais. Senhoras e senhores, estamos envolvidos num combate entre o mundo da honra e a maldade ambiciosa com suas armas insidiosas da mentira e dissimulação.
O Brasil recusa-se a abrir mão da educação de suas crianças, a permitir que sua cultura seja apagada, sua economia perca o objetivo de aprimorar a vida dos brasileiros, indigna-se com a destruição da riqueza ecológica e não aceita ver as mais caras tradições relegadas ao esquecimento. É por uma forma de vida alegre, amorosa, solidária e justa que lutamos. A gente brasileira está de pé contra castas, internas e externas, que pretendem fazer o Brasil de joguete dos mesquinhos interesses de poder absoluto. Ah! E, por favor, não peçam moderação. A verdade não pode ser moderada.
Engenheiro e consultor
COMENTÁRIOS
Deixe seu comentário sobre este texto.



DEIXE SEU COMENTÁRIO CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR
LEIA TAMBÉM
Opinião econômica: Dialética Marcas de Quem Decide, aula de gestão
A pesquisa, as entrevistas e os artigos são de gente que faz
Combater drogas e alcoolismo
É desde cedo que se aprende como é ingrato o destino que as drogas e o álcool apresentam às criaturas
Fim de venda casada em vários setores
O projeto foi aprovado pela Comissão de Constituição e Justiça e agora deverá ser votado em plenário

 EDIÇÃO IMPRESSA

Clique aqui
para ler a edição
do dia e edições
anteriores
do JC.


 
para folhear | modo texto
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
Digite o resultado
da operação matemática
neste campo