Porto Alegre, domingo, 03 de abril de 2016. Atualizado às 22h20.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
23°C
33°C
22°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 3,5600 3,5620 0,97%
Turismo/SP 3,5800 3,7700 0,53%
Paralelo/SP 3,5800 3,7700 0,53%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral | Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas | GeraçãoE
ASSINE  |   ANUNCIE  |   ATENDIMENTO ONLINE
COMENTAR CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR

artigo Notícia da edição impressa de 04/04/2016. Alterada em 03/04 às 18h27min

Marcas de Quem Decide

Vitor Augusto Koch

A posição conquistada pela FCDL-RS na 18ª edição da consagrada pesquisa Marcas de Quem Decide, promovida pelo Jornal do Comércio e executada pela Qualidata, foi motivo de orgulho e comemoração por parte de nossos associados, dirigentes e colaboradores. Afinal, este é o segundo ano consecutivo em que somos a marca mais lembrada e preferida do varejo na categoria de entidades empresariais.
Consideramos fundamental deixar claro que nosso júbilo é surpreendente. Há vários anos, estamos em uma incessante rota de ascensão na memória dos gaúchos e certamente pretendemos ir mais longe. O trabalho nesta direção iniciou em 2007, quando reunimos a classe lojista gaúcha e consolidamos um mapa estratégico realista para atuação no Rio Grande do Sul. Formalizado o planejamento, partimos para a conquista dos objetivos, sempre zelosos pela sustentabilidade financeira da entidade e adequação das ações específicas de acordo com a permanente releitura da realidade, com posicionamentos realmente estruturais voltados à construção de um futuro melhor. O sucesso dos Estados Unidos, Japão, Alemanha, Inglaterra, Suíça, Coreia do Sul, Chile, entre outros, ocorreu simplesmente porque, por detrás da grandiosa marca que define a nação, existiu um planejamento e regras de direitos e responsabilidades garantidoras da construção do futuro.
Assim, não podemos deixar de olhar para o Brasil à luz destes conceitos. Se hoje estamos diante, talvez, da pior crise de governabilidade da história do País, é porque a sociedade não foi competente o suficiente para exigir a concretização das realizações idealizadas pelas lideranças; ou então grande parte das lideranças históricas não foi devidamente responsável ao propor sonhos e metas descompassadas ou desconexas da realidade. A reconstrução da Marca Brasil de forma confiável é o grande desafio da nossa geração. E não podemos deixar de enfrentá-lo e vencê-lo.
Presidente da FCDL-RS
 
COMENTÁRIOS


DEIXE SEU COMENTÁRIO CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR
LEIA TAMBÉM
Acupuntura e os profissionais de saúde
O Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional da 5ª Região (Crefito5), vem a público manifestar-se quanto ao artigo "Acupuntura e a lei no Brasil"
Herói e heroísmo construídos pela imprensa
Não existe herói forte o suficiente ao enfrentamento às questões pontuais do País
ICMS da internet nas empresas do Simples
Segundo consultorias especializadas, o e-commerce brasileiro registrou aumento nominal de 16% no primeiro semestre de 2015, ante mesmo período de 2014, e faturou R$ 18,6 bilhões
Obama em Cuba: o que pode mudar?
Cuba é um país pobre, sem infraestrutura para a população, organizado de forma a distribuir o pouco entre todos, com um sistema político socialista, sem eleições para os cargos do Executivo

 EDIÇÃO IMPRESSA

Clique aqui
para ler a edição
do dia e edições
anteriores
do JC.


 
para folhear | modo texto
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
Digite o resultado
da operação matemática
neste campo