Porto Alegre, domingo, 24 de abril de 2016. Atualizado às 22h35.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
9999°C
19°C
12°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 3,5700 3,5720 1,10%
Turismo/SP 3,4700 3,7200 1,63%
Paralelo/SP 3,4800 3,7200 1,63%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral | Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas | GeraçãoE
ASSINE  |   ANUNCIE 
COMENTAR CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR

Clima Notícia da edição impressa de 25/04/2016. Alterada em 24/04 às 21h38min

Na ONU, 175 países assinam Acordo de Paris

"Um pacto com o futuro." Assim o secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-moon, descreveu o Acordo de Paris sobre Mudanças Climáticas, assinado na sexta-feira por 175 países, incluindo o Brasil.
Ban alertou, porém, que a mobilização de nada adiantará caso não sejam cumpridos os compromissos assumidos no pacto adotado há quatro meses na capital francesa, estabelecendo uma meta para conter a alta da temperatura global. "Estamos batendo recordes nesta sala. Mas também há recordes lá fora. Temperaturas recordes, degelo recorde, níveis recordes de carbono na atmosfera. Estamos numa luta contra o tempo", disse Ban. Ele exortou os países signatários a não tardarem a ratificação do pacto para que ele possa entrar em funcionamento "o quanto antes".
Março foi o mês mais quente já registrado, segundo medições divulgadas semana passada pela Agência Atmosférica dos EUA. Segundo o órgão, foi o 11º mês consecutivo com recorde de aumento da temperatura, confirmando a curva ascendente dos últimos anos.
Para entrar em vigor, o acordo precisa ser ratificado por ao menos 55 países, que representam, no mínimo, 55% das emissões globais. Os demais terão até 17 de abril de 2017 para assinar o pacto. China e Estados Unidos, os maiores emissores de gases poluentes do mundo (quase 40% do total), se comprometeram a ratificar o acordo ainda neste ano. No Brasil, a ratificação exige a aprovação nas duas casas do Congresso.
COMENTÁRIOS
Deixe seu comentário sobre este texto.



DEIXE SEU COMENTÁRIO CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR
LEIA TAMBÉM
Fim de semana será de instabilidade e temperaturas amenas no Rio Grande do Sul
A frente fria que ingressou no Estado na quinta-feira não deve durar muito tempo
Prejuízos causados pela chuva já atingem 13 municípios no estado Tornado chegará mais fraco a Porto Alegre Rio Grande do Sul ainda tem 35 mil pontos sem luz após temporal

 EDIÇÃO IMPRESSA

Clique aqui
para ler a edição
do dia e edições
anteriores
do JC.


 
para folhear | modo texto
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
Digite o resultado
da operação matemática
neste campo