Porto Alegre, quarta-feira, 20 de abril de 2016. Atualizado às 15h20.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
28°C
28°C
22°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 3,5410 3,5430 0,39%
Turismo/SP 3,4700 3,6900 0,53%
Paralelo/SP 3,4800 3,6900 0,53%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral | Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas | GeraçãoE
ASSINE  |   ANUNCIE 
COMENTAR CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR

Relações Internacionais 20/04/2016 - 15h20min. Alterada em 20/04 às 15h20min

Merkel vai se reunir com Obama e líderes europeus na próxima semana

A chanceler da Alemanha, Angela Merkel, vai promover uma reunião de líderes do Reino Unido, da Itália, da França e dos EUA na próxima semana, anunciou o governo alemão. Merkel e Obama visitarão uma feira de comércio industrial na cidade de Hannover e depois encontrarão com outros líderes para discutir "temas que são especialmente importantes" nas políticas internacionais.
Os pontos específicos da agenda de Merkel para a reunião incluem a guerra na Síria, as relações entre a Rússia e a Ucrânia e a possível questão da imigração em massa da Líbia para a Europa nos próximos meses. O objetivo da reunião é "fazer uma troca (...) e alinhar nossas posições de negociação", disse Merkel a repórteres em Berlim após um encontro com o presidente da Lituânia, Dalia Grybauskait. 
COMENTÁRIOS
Deixe seu comentário sobre este texto.



DEIXE SEU COMENTÁRIO CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR
LEIA TAMBÉM
Governo dos EUA se diz convencido de que Brasil vai ultrapassar desafio
"Estamos acompanhado o processo político no Brasil", afirmou o porta-voz do Departamento de Estado, John Kirby
Presidente da Corte Interamericana diz que 'povos olham com medo' para o Brasil
O presidente da Corte Interamericana de Direitos Humanos, Roberto Caldas, sugeriu em fala nesta terça-feira (5), que a divulgação de áudios obtidos no curso de investigações é uma "fuga" ao processo legal e não pode ser admitido
Brasil e Paraguai poderão promover ações militares conjuntas na fronteira
Os dois países também poderão cooperar mutuamente no sentido de compartilhar informações, capacitar e desenvolver iniciativas conjuntas no controle do espaço aéreo
Fidel Castro diz que Cuba "não precisa de presentes" dos EUA

 EDIÇÃO IMPRESSA

Clique aqui
para ler a edição
do dia e edições
anteriores
do JC.


 
para folhear | modo texto
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
Digite o resultado
da operação matemática
neste campo