Porto Alegre, sexta-feira, 22 de abril de 2016. Atualizado às 00h20.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
21°C
29°C
19°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 3,5310 3,5330 0,11%
Turismo/SP 3,4700 3,6600 1,34%
Paralelo/SP 3,4800 3,6600 1,34%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral | Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas | GeraçãoE
ASSINE  |   ANUNCIE 
COMENTAR CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR

Meio Ambiente Notícia da edição impressa de 22/04/2016. Alterada em 21/04 às 21h39min

Corte de galhos danificados previne danos futuros a árvores

MARCO QUINTANA/JC
No fim de semana passado, galho caiu na rua Gonçalo de Carvalho

Suzy Scarton

Para acelerar a limpeza e o acabamento - cortes para evitar infiltrações - das árvores atingidas pelo temporal do dia 29 de janeiro, a Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Smam) de Porto Alegre terceirizou o serviço, em regime de contrato emergencial, por 150 dias. A prioridade da empresa Nichele é o atendimento aos pedidos de moradores de bairros como Menino Deus, Cidade Baixa e Petrópolis, que registraram ocorrência de galhos ou árvores caídas. Em seguida, a empresa atuará nos parques da Capital, como a Redenção, o Marinha do Brasil e o Harmonia. A operação teve início na semana passada e causou reação de moradores, que alegam que os trabalhadores estão "cortando demais".
Devido à alta demanda por atendimentos, os acabamentos nos galhos demoraram para serem realizados, uma vez que a prioridade da prefeitura, inicialmente, era remover as árvores e os galhos caídos. Por isso, muitas plantas atingidas já rebrotaram. "Para os leigos, parece que estão cortando demais, mas os trabalhadores sabem o que estão fazendo e seguem orientação. Ninguém entra lá de facão", esclarece a bióloga e gerente da Zonal Centro da Smam, Regina Patrocínio. Agora, a empresa está atuando na rua Gonçalo de Carvalho, considerada uma das mais bonitas do mundo. No domingo, um galho de uma árvore alta caiu. "Se ficar mal formado agora, vai dar problema para os moradoras daqui uns anos. Se tem que remover, não adianta", conclui. A Nichele deve dar conta de cerca de 350 registros de vegetais caídos depois do temporal.
A poda de galhos tem sido feita com orientação da Smam e de uma bióloga da empresa. "Quando o galho quebra, é preciso consertá-lo. Usamos uma motosserra para deixá-lo lisinho. Se ficar com entranhas e felpas, pode haver o acúmulo de fungos, e isso prejudicará a planta no futuro", comenta. Cerca de 3 mil árvores caíram na Capital com os ventos do temporal. Em alguns locais, como na Redenção, a limpeza ainda não foi concluída. De acordo com a Smam, está no cronograma da Nichele.
COMENTÁRIOS
Deixe seu comentário sobre este texto.



DEIXE SEU COMENTÁRIO CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR
LEIA TAMBÉM
Estudo da Marinha aponta alta concentração de metais no Rio Doce
Os resultados são de um estudo feito com a Marinha do Brasil sobre o impacto da lama de rejeitos que vazou no final do ano passado após o rompimento da barragem da mineradora Samarco
Conselho nega pedido da Samarco para não pagar R$ 112 milhões
A Samarco disse que as investigações sobre a ruptura da barragem ainda não foram concluídas
Samarco pede reconsideração de decisão sobre vazamentos de rejeitos
Termina nesta segunda-feira (18) o prazo para a Samarco pôr fim ao vazamento de rejeitos no complexo minerário de Germano em Minas Gerais
70% dos municípios não fazem licenciamento ambiental, diz IBGE

 EDIÇÃO IMPRESSA

Clique aqui
para ler a edição
do dia e edições
anteriores
do JC.


 
para folhear | modo texto
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
Digite o resultado
da operação matemática
neste campo