Porto Alegre, segunda-feira, 11 de abril de 2016. Atualizado às 23h41.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
22°C
26°C
21°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 3,4930 3,4950 2,83%
Turismo/SP 3,5200 3,6900 3,14%
Paralelo/SP 3,5200 3,6900 3,14%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral | Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas | GeraçãoE
ASSINE  |   ANUNCIE 
COMENTAR CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR

Transporte Notícia da edição impressa de 12/04/2016. Alterada em 11/04 às 23h12min

Reestruturação do Daer prevê concurso público

FREDY VIEIRA/JC
Nuñez estima que certame e nomeações ocorrerão entre 2017 e 2018

Isabella Sander

O Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer) do Estado apresentou ontem um plano de reestruturação do órgão. Foi contratada uma consultoria especializada, a fim de entregar um projeto de reorganização interna da autarquia em até 18 meses. As mudanças culminarão na realização de um concurso público, para contratar profissionais de áreas hoje deficitárias.
O diagnóstico será feito com verba do Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento (Bird), de R$ 4,4 milhões. A Ntconsult Tecnologia e Consultoria venceu a licitação e fará o projeto de reestruturação. "Estamos nos esforçando para que a implantação de todas as atividades ocorra em menos de 18 meses. Reestruturaremos o departamento, através de uma gestão estratégica envolvendo planejamento, modelagem organizacional e gestão de pessoas. Quando tivermos tudo implantado, esperamos ter um departamento mais enxuto, que dê uma resposta melhor à sociedade do que hoje", afirma o diretor-geral do Daer, Ricardo Nuñez.
Atualmente, segundo Nuñez, há um desequilíbrio no quadro de funcionários, havendo mais profissionais de áreas menos qualificadas e menos de áreas mais qualificadas. "Engenheiros civis, por exemplo, são fundamentais em nossas atividades, tanto para a formulação dos projetos quanto para a fiscalização deles e das obras. Tendo nossos processos mapeados, poderemos reorganizar o departamento, de forma a atender melhor a sociedade", explica.
O quadro mais deficitário é o de especialistas. A falta de profissionais como engenheiros civis é justificada pelo diretor-geral em virtude de o último concurso ter ocorrido em 2012. "Era um momento no qual o mercado estava muito aquecido na área de infraestrutura. Então, a nossa oferta de salário não foi atrativa o suficiente naquele momento. Agora, contudo, está acontecendo o oposto: o mercado está desaquecido e há muitos engenheiros qualificados disponíveis", observa.
Para suprir a ausência de servidores, o Daer conta, hoje, com 59 profissionais contratados emergencialmente, sendo 45 engenheiros civis, um engenheiro químico e 13 técnicos de nível médio de diversas áreas. A maioria dos contratos, porém, vence no final de janeiro de 2017, gerando a necessidade de realização de concurso público. "Sabemos que precisamos de profissionais como geólogos, topólogos e laboratoristas. No entanto, somente através do projeto da consultoria, poderemos definir quantos funcionários de cada área são necessários para garantirmos a qualidade dos produtos na hora da entrega", aponta Nuñez. O certame e as nomeações devem ocorrer entre 2017 e 2018.
Conforme o diretor executivo da Ntconsult, Cláudio Comunelo, a equipe se atém, agora, no mapeamento estratégico do órgão. "Em torno disso, serão delineados os processos prioritários e, depois, faremos o planejamento da gestão de pessoas, convergindo com a questão dos processos e assegurando que o Daer tenha uma visão de futuro que possa ser implementada na prática", relata.
Para dar celeridade ao trabalho, os consultores estão paralelizando algumas atividades, a fim de antecipar as entregas. "De qualquer forma, 18 meses é o prazo total de execução, mas faremos antes diversas entregas parciais. No próximo mês, já devemos ter algo relativo ao planejamento e, em quatro meses, o marco estratégico deve ficar pronto", estima Comunelo.
COMENTÁRIOS
Deixe seu comentário sobre este texto.



DEIXE SEU COMENTÁRIO CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR
LEIA TAMBÉM
Taxistas pedem regularização do Uber em Porto Alegre Crise faz a comercialização de combustíveis cair no 1º bimestre Táxis ficam 2,95% mais caros em Porto Alegre
Rodoviários pedem pagamento de valores acordados

 EDIÇÃO IMPRESSA

Clique aqui
para ler a edição
do dia e edições
anteriores
do JC.


 
para folhear | modo texto
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
Digite o resultado
da operação matemática
neste campo