Porto Alegre, domingo, 10 de abril de 2016. Atualizado às 22h38.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
23°C
25°C
22°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 3,5950 3,5970 2,59%
Turismo/SP 3,6200 3,8100 0,78%
Paralelo/SP 3,6200 3,8100 0,78%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral | Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas | GeraçãoE
ASSINE  |   ANUNCIE 
COMENTAR CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR

Acessibilidade Notícia da edição impressa de 11/04/2016. Alterada em 10/04 às 22h04min

Erechim oferece inclusão em todas as escolas

SMED ERECHIM/DIVULGAÇÃO/JC
Município foi premiado por adaptar instituições a crianças com deficiência

Suzy Scarton

Uma iniciativa de inclusão social, posta em prática por uma equipe de educadores de uma cidade do Interior do Rio Grande do Sul, chamou a atenção do Ministério da Educação (MEC). Por causa dela, o prefeito de Erechim, Paulo Polis, foi convidado a ir a Fortaleza, no Ceará, para receber o Prêmio Desenvolvimento Educacional Inclusivo, concedido pelo MEC e pela Organização dos Estados Ibero-americanos para a Educação, a Ciência e a Cultura.
Desde 2009, a prefeitura vem investindo na adaptação das 15 escolas municipais. O objetivo é oferecer oportunidades iguais a crianças com deficiências físicas ou mentais. Além de capacitar professores e contratar profissionais de apoio, livros pedagógicos especiais e meios de transporte adaptados foram necessários. Até mesmo as merendas oferecidas são diferenciadas. Hoje, mais de 200 crianças com deficiência são atendidas no Ensino Infantil e Fundamental em Erechim. Elas frequentam as aulas normalmente com outros alunos, com a supervisão de dois profissionais preparados. O governo municipal investe, por ano, mais de R$ 1 milhão no projeto.
"Os pais de classe média conseguem dar o melhor tratamento aos filhos, mas as crianças vulneráveis crescem sem qualquer oportunidade. Se estudarem com colegas sem deficiências, elas vão se espelhar, vão tentar imitar o comportamento, e vão evoluir mais. E, às demais crianças, ensina-se uma lição de solidariedade valorosa", afirma o prefeito, citando o caso de um menino que, ao chegar à escola, não conseguia levar o garfo à boca para se alimentar. Ao final do ano, ele já comia sozinho. "São resultados que não se mensuram, mas testemunhar essa evolução não tem preço", diz. 
Entre as secretarias de Educação, a de Erechim ficou com o primeiro lugar da categoria no prêmio, seguida pelas de Currais Novos, no Rio Grande do Norte, e de Teotônio Vilela, em Alagoas. Na categoria que avalia colégios públicos, a Escola Municipal de Ensino Fundamental Luiz Badalotti, de Erechim, ficou em terceiro lugar. Em primeiro lugar, figura a escola José Dantas Sobrinho, de Maracanaú, no Ceará, e, em segundo, a escola Antônio Correa e Silva, de Januária, em Minas Gerais.
COMENTÁRIOS
Deixe seu comentário sobre este texto.



DEIXE SEU COMENTÁRIO CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR
LEIA TAMBÉM
Legenda oculta na publicidade Empresa que venceu licitação cobra pagamento da prefeitura
A empresa Ana Cardoso ME venceu a licitação para a construção de cerca de 500 rampas de acessibilidade na Capital, com um valor de R$ 329.998,00 para a realização das intervenções

 EDIÇÃO IMPRESSA

Clique aqui
para ler a edição
do dia e edições
anteriores
do JC.


 
para folhear | modo texto
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
Digite o resultado
da operação matemática
neste campo