Porto Alegre, sexta-feira, 08 de abril de 2016. Atualizado às 12h48.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
25°C
28°C
21°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 3,6250 3,6270 1,78%
Turismo/SP 3,6200 3,8100 0,78%
Paralelo/SP 3,6200 3,8100 0,78%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral | Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas | GeraçãoE
ASSINE  |   ANUNCIE  |   ATENDIMENTO ONLINE
COMENTAR CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR

Infraestrutura Notícia da edição impressa de 04/04/2016. Alterada em 03/04 às 21h48min

Nova ponte do Guaíba está 30% concluída

MARCELO G. RIBEIRO/JC
Apesar da greve de uma semana dos operários em fevereiro, o cronograma de obras está mantido

Isabella Sander

Dois anos depois de a presidente Dilma Rousseff assinar o contrato de oficialização da construção da segunda ponte do Guaíba, 30% dos trabalhos já foram executados. Naquela época, abril de 2014, o Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte (Dnit) estimava o fim dos trabalhos para maio de 2017. Devido a debates acerca da necessidade de desapropriar terrenos, a previsão passou para setembro do mesmo ano. Apesar da ocorrência de greve de uma semana dos operários envolvidos na obra em fevereiro, o cronograma está mantido.
No ano passado, uma das etapas da obra, a colocação de estacas de sustentação da ponte, precisou ser suspensa nas proximidades da rua Voluntários da Pátria, em Porto Alegre, após moradores das vilas Tio Zeca e Areia sentirem o impacto da intervenção em suas casas. No total, são 464 famílias habitando a região. O bate-estaca ficará suspenso até que ocorra o reassentamento das famílias atingidas.
Segundo o Dnit, o projeto de infraestrutura das áreas destinadas à construção das moradias aos mais de mil reassentados, envolvendo arruamento, rede de água, esgoto e iluminação pública, foi aprovado somente neste ano pela prefeitura de Porto Alegre e pela Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam). Atualmente, o departamento nacional, juntamente à empresa responsável pela obra (Consórcio Ponte do Guaíba), estão trabalhando no detalhamento do projeto.
Na Ilha Grande dos Marinheiros, até o momento, o impacto não foi sentido, e a cravação de estacas não precisou ser interrompida. Lá, moram 534 famílias. A empresa mantém um serviço de ouvidoria, através do telefone 0800.648.1143, para se comunicar com a comunidade habitante dos entornos, esclarecendo dúvidas e recebendo informações sobre eventuais problemas relativos à obra.
O valor da construção está orçado em R$ 649,6 milhões. A ponte terá extensão de 2,9 quilômetros, com um total de 7,3 quilômetros de obras, entre elevadas e viadutos. Com 28 metros de largura nos vãos principais, a pista contará com duas faixas de rolamento com acostamento e refúgio central.


COMENTÁRIOS
ALEXANDRE SANTOS - 08/04/2016 10h18min
NÃO VAI FICAR PRONTO .. VAI FALTAR DINHEIRO ,, E ESSA OBRA VAI PASSAR DO ORÇAMENTO INICIAL , COMO TODA A OBRA PUBLICA NESTE PAIS n. MEU PENSAMENTO

DEIXE SEU COMENTÁRIO CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR
LEIA TAMBÉM
Belo Monte começa a distribuir energia com um ano de atraso
Obras em rodovias entre Tapes e Sentinela do Sul começam hoje
As obras de restauração das rodovias ERS-715 e ERS-717, entre Sentinela do Sul e Tapes, no Sul do Estado, começam hoje
Dilma indica peemedebista para a Antaq
Dois dias após o PMDB deixar o governo, Dilma indicou Luiz Otávio Oliveira Campos para o cargo de diretor-geral da Antaq
Bndes cria linha de R$ 200 mi para os projetos de PPPs

 EDIÇÃO IMPRESSA

Clique aqui
para ler a edição
do dia e edições
anteriores
do JC.


 
para folhear | modo texto
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
Digite o resultado
da operação matemática
neste campo