Porto Alegre, segunda-feira, 04 de abril de 2016. Atualizado às 22h44.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
24°C
32°C
19°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 3,6140 3,6160 1,51%
Turismo/SP 3,5800 3,7500 0,53%
Paralelo/SP 3,5800 3,7500 0,53%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral | Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas | GeraçãoE
ASSINE  |   ANUNCIE  |   ATENDIMENTO ONLINE
COMENTAR CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR

Grêmio Notícia da edição impressa de 05/04/2016. Alterada em 04/04 às 21h44min

Caxumba afasta mais um jogador

LUCAS UEBEL/GRÊMIO FBPA/DIVULGAÇÃO/JC
Volante gremista ficará afastado das atividades de dez a 15 dias

A boa fase que levou o Grêmio a uma sequência de dez jogos sem perder no último domingo, diante do Juventude, pode ter um inimigo silencioso. A caxumba já tirou três jogadores do elenco do técnico Roger Machado. O atacante Luan ficou afastado, mas já retornou ao time. As últimas duas vítimas são Henrique Almeida e, por último, o volante Ramiro.
Segundo nota oficial divulgada pelo clube, a baixa do jogador foi confirmada ontem, após ser submetido a exames. Ramiro deve ficar afastado por dez dias e sequer viajará com o elenco para Quito, onde o Grêmio fará o duelo decisivo diante da LDU no próximo dia 13, pela Libertadores. Pelo Campeonato Gaúcho da América, o jogador não enfrentará o Brasil de Pelotas na Arena, amanhã, às 19h30min, pelas quartas de final.
Sem poder contar com ele, a tendência é que Wallace Oliveira, contratado para esta temporada junto ao Chelsea, seja o titular da lateral direita, onde o volante vinha tendo boas atuações. O volante Maicon disse que não tem como ficar indiferente a uma doença que afasta os jogadores de suas atividades. "Claro que preocupa. Afinal, tira do jogo. Estamos em uma fase importante e teríamos que ter todos à disposição. Vou perguntar para a minha mãe se já tive caxumba. Se não tiver pego, preciso tomar cuidado para não ficar de fora dos jogos nas fases finais", disse o camisa 5.
O departamento médico gremista explica que quem teve contato com Ramiro pode apresentar os sintomas nos próximos dez a 15 dias. O vírus é transmitido pelo ar. "O jogador pode ser agente infectante de outros que vão aparecer ali na frente. A grande questão do uso da vacina é que isso também não teria impedido, pois leva 30 dias até ter efeito", explicou o médico Márcio Bolzoni. Desta forma, o clube não tem como prever novas infecções.
No entanto, o dia não foi apenas de más notícias no Tricolor. Se Ramiro está de fora, o técnico Roger comemora o retorno do atacante Everton, que vinha sendo titular até sofrer uma inflamação no púbis que o tirou das últimas partidas. Ainda não se sabe, no entanto, se ele poderá encarar o Xavante, amanhã.
 
COMENTÁRIOS
Deixe seu comentário sobre este texto.



DEIXE SEU COMENTÁRIO CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR
LEIA TAMBÉM
Elogiado por Roger, Lincoln fica mais perto de uma vaga entre os titulares
O meia de 17 anos, que marcou um golaço de calcanhar na partida em Erechim, vem aproveitando as oportunidades dadas pelo técnico Roger Machado
Com caxumba, Luan desfalca o Grêmio e a seleção olímpica do Brasil Apesar da irregularidade, chances de classificação na Libertadores são boas Para Douglas, 'falta de gol' explica sequência de tropeços do Grêmio
Algo óbvio o meia conseguiu constatar: o Grêmio não tem vencido porque não tem feito gols

 EDIÇÃO IMPRESSA

Clique aqui
para ler a edição
do dia e edições
anteriores
do JC.


 
para folhear | modo texto
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
Digite o resultado
da operação matemática
neste campo