Porto Alegre, quinta-feira, 28 de abril de 2016. Atualizado às 00h28.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
10°C
17°C
5°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 3,5190 3,5210 0,02%
Turismo/SP 3,4500 3,6300 0%
Paralelo/SP 3,4500 3,6300 0%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral | Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas | GeraçãoE
ASSINE  |   ANUNCIE 
COMENTAR CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR

mercado de capitais Notícia da edição impressa de 28/04/2016. Alterada em 27/04 às 22h09min

Melnick Even fecha 2015 com lucro de R$ 105 milhões

FREDY VIEIRA/JC
Pesquisa prévia é decisiva para os bons resultados, explica Leandro Melnick

Guilherme Kolling

A incorporadora Melnick Even fechou 2015 com o maior lucro líquido de sua história: R$ 105 milhões. Com a economia nacional e o setor da construção civil em crise, o bom resultado levou a empresa ao 6º lugar em lucratividade entre as construtoras de todo o Brasil, o que inclui gigantes como Gafisa, Cyrela e MRV. E isso com empreendimentos apenas em Porto Alegre e Canoas.
Apesar da recessão, a construtora líder em alto padrão no Rio Grande do Sul obteve, em 2015, seu maior faturamento para um exercício: R$ 585 milhões. O ano passado também foi recorde em entregas para a Melnick: foram 1.800 unidades em 10 empreendimentos.
Boa parte do resultado se deve a apenas um dia de comercialização, o chamado Melnick Day, promoção que oferece as unidades da incorporadora com descontos e que vendeu R$ 195 milhões no ano passado.
Ao apresentar os números, ontem, na sede da empresa em Porto Alegre, o presidente Leandro Melnick destacou o trabalho de informação prévio ao lançamento dos empreendimentos, em que um aprofundado estudo de mercado busca as necessidades dos consumidores, o que explicaria, em parte, as vendas bem-sucedidas mesmo em um momento de crise.
Outro ponto-chave é - como definiu o executivo - a "localização inquestionável" dos empreendimentos, o que atrai investidores, que buscam a segurança do mercado imobiliário para garantir a proteção aos seus recursos em um momento adverso.
Leandro Melnick exemplificou com o HOM Nilo, lançamento de 2015 que comercializou 80% das unidades no primeiro mês. Também citou áreas conhecidas da cidade entre os 10 empreendimentos entregues no ano passado, como o caso das torres residenciais no terreno do antigo Estádio dos Eucaliptos (bairro Menino Deus), o edifício de escritórios na avenida Osvaldo Aranha, onde era o Cine Baltimore (Bom Fim), e os prédios residenciais no lote que abrigava o antigo Hortomercado da rua Quintino Bocaiúva (Cobal), no Moinhos de Vento.
Entre as novidades, a Melnick aposta no projeto Hub Saúde, lançado em parceria com a prefeitura de Porto Alegre, o Hospital Moinhos de Vento e o grupo Zaffari. São empreendimentos de uso misto que terão centro clínico, torres com consultórios médicos, shopping e, em alguns casos, hotel e edifícios residenciais.
São cinco empreendimentos: um em Canoas e quatro em Porto Alegre - na avenida Grécia, junto ao Bourbon Wallig; na avenida Cavalhada (área que era da Avipal); na avenida Aparício Borges; e outro no Pontal do Estaleiro.
O primeiro foi lançado no ano passado, em Canoas. A ideia é iniciar um empreendimento por ano em Porto Alegre, já a partir de 2016.
COMENTÁRIOS
Deixe seu comentário sobre este texto.



DEIXE SEU COMENTÁRIO CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR
LEIA TAMBÉM
Dólar à vista cede 0,51% ante o real e Ibovespa tem queda de 1,98%
Analistas vêem mercado em alta com o processo de impeachment Dólar à vista cai 2,09% Dólar sobe 2,24% e bolsa cai 0,63%

 EDIÇÃO IMPRESSA

Clique aqui
para ler a edição
do dia e edições
anteriores
do JC.


 
para folhear | modo texto
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
Digite o resultado
da operação matemática
neste campo