Porto Alegre, domingo, 24 de abril de 2016. Atualizado às 22h33.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
9999°C
19°C
12°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 3,5700 3,5720 1,10%
Turismo/SP 3,4700 3,7200 1,63%
Paralelo/SP 3,4800 3,7200 1,63%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral | Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas | GeraçãoE
ASSINE  |   ANUNCIE 
COMENTAR CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR

Trabalho Notícia da edição impressa de 25/04/2016. Alterada em 24/04 às 21h29min

Estado liderou saldo positivo de vagas formais

JONATHAN HECKLER/JC
Lúcia apontou comportamento sazonal de setores

Amanda Jansson

O mercado de trabalho formal no Rio Grande do Sul está andando na contramão da média brasileira. Enquanto o País registrou a maior perda de vagas com carteira assinada para março em 25 anos, o Estado liderou no saldo positivo de criação de vagas no mês em 2016 e no acumulado do ano.
Os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho, apontam um saldo de 4.803 empregos (diferença de admissões e demissões) com carteira assinada na série sem ajuste, o equivalente a uma expansão de 0,18% em relação ao estoque de assalariados com carteira assinada em fevereiro. Na série ajustada, que incorpora as informações declaradas fora do prazo, houve acréscimo de 18.614 postos, alta de 0,72%, no Estado nos três primeiros meses do corrente ano.

Leia o texto integral em nossa
ediÇÃo para folhear

  • Acesso gratuito, durante fase de avaliação, mediante cadastro.
  • Clique aqui para acessar.
COMENTÁRIOS
Deixe seu comentário sobre este texto.



DEIXE SEU COMENTÁRIO CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR
LEIA TAMBÉM
Rio Grande do Sul lidera criação de vagas no Brasil no acumulado do ano Desemprego atinge marca histórica de 10,2% e afeta mais de 10 milhões Taxa de desemprego atinge 10,2% no trimestre até fevereiro, revela IBGE Petrobras quer alterar cálculo de PLR dos empregados
A fórmula atual considera apenas metas operacionais, o que levou a estatal a distribuir R$ 1,04 bilhão em 2015

 EDIÇÃO IMPRESSA

Clique aqui
para ler a edição
do dia e edições
anteriores
do JC.


 
para folhear | modo texto
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
Digite o resultado
da operação matemática
neste campo