Porto Alegre, terça-feira, 05 de abril de 2016. Atualizado às 23h45.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
27°C
32°C
25°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 3,6780 3,6800 1,76%
Turismo/SP 3,5800 3,7900 1,06%
Paralelo/SP 3,5800 3,7900 1,06%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral | Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas | GeraçãoE
ASSINE  |   ANUNCIE  |   ATENDIMENTO ONLINE
COMENTAR CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR

Previdência Notícia da edição impressa de 06/04/2016. Alterada em 05/04 às 23h45min

Aportes a planos previdenciários abertos sobem 24,3% em janeiro

Os aportes a planos previdenciários abertos (que incluem os PGBLs e os VGBLs) somaram R$ 6,3 bilhões em janeiro, crescimento de 24,3% frente ao mesmo mês do ano anterior. A captação líquida no primeiro mês do ano, diferença entre captação e resgates, registrou saldo positivo de R$ 1,7 bilhão, ante R$ 1,5 bilhão em janeiro de 2015, segundo informou a Federação Nacional de Previdência Privada e Vida (FenaPrevi). "Mesmo com a economia em situação difícil, os participantes do sistema seguem fazendo reservas para a aposentadoria, o que mostra que a previdência complementar aberta segue ocupando papel de destaque no investimento de longo prazo dos brasileiros", diz o presidente da FenaPrevi, Edson Franco.
O sistema registrou em janeiro um total de 85.516 pessoas já usufruindo benefícios (aposentadorias, pecúlios por morte e por invalidez, e pensões por morte e por invalidez) pagos por planos abertos de caráter previdenciário. No período, foi contabilizado um total de 12.271.620 pessoas com planos contratados, sendo que, deste total, 9.241.272 são individuais e 3.030.348, empresariais.

Leia o texto integral em nossa
ediÇÃo para folhear

  • Acesso gratuito, durante fase de avaliação, mediante cadastro.
  • Clique aqui para acessar.
COMENTÁRIOS
Deixe seu comentário sobre este texto.



DEIXE SEU COMENTÁRIO CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR
LEIA TAMBÉM
Inativos da União representam quase metade da conta do INSS
Conta com benefícios da União somou R$ 105,4 bilhões. Déficit, devido ao baixo fluxo de contribuições, é quase o rombo de R$ 90,3 bilhões do INSS
Saque total do Pasep vai beneficiar cerca de 830 mil servidores
Segundo o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, podem sacar os trabalhadores que contribuíram até 4 de outubro de 1988
Governo tira exclusividade de médico do INSS para perícia médica
Dessa forma, os médicos do INSS deixam de ter a exclusividade nas avaliações médicas necessárias para concessão de benefícios
Governo pode elevar INSS no plano de ajuda aos Estados
O governo federal negocia com os Estados medidas para a redução do rombo nas previdências locais

 EDIÇÃO IMPRESSA

Clique aqui
para ler a edição
do dia e edições
anteriores
do JC.


 
para folhear | modo texto
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
Digite o resultado
da operação matemática
neste campo