Porto Alegre, segunda-feira, 25 de abril de 2016. Atualizado às 09h27.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
20°C
19°C
12°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 3,5700 3,5720 1,10%
Turismo/SP 3,4700 3,7200 1,63%
Paralelo/SP 3,4800 3,7200 1,63%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral | Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas | GeraçãoE
ASSINE  |   ANUNCIE 
COMENTAR CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR
Painel Econômico Danilo Ucha


Painel Econômico

Notícia da edição impressa de 25/04/2016

PPPs são fundamentais para a infraestrutura

MARCELO G. RIBEIRO
Se fosse uma PPP, a obra da segunda ponte do Guaíba não estaria parada por falta de dinheiro

A expansão da infraestrutura por intermédio da indústria da construção civil representa uma das saídas para a crise e a retomada do crescimento. Atualmente, a lacuna de investimentos em infraestrutura no Brasil é de US$ 500 bilhões. Para que essa aplicação seja da ordem de 5,5% do PIB, são necessários US$ 110 bilhões ao ano. As concessões e as Parcerias Público-Privadas (PPPs) são as ferramentas necessárias para a atração de capital e a execução de projetos. A conclusão é do setor da construção civil, que realizará, amanhã, em São Paulo, através da Câmara Brasileira da Indústria da Construção e Senai, um seminário sobre o tema. As PPPs e concessões são a única forma de sanar os problemas de infraestrutura do País e, ao mesmo tempo, manter os negócios das empresas. No Rio Grande do Sul, onde o tema vem sendo discutido há oito anos, o governador José Ivo Sartori (PMDB) espera uma manifestação da Assembleia Legislativa sobre o assunto. Em São Paulo, haverá o lançamento de uma cartilha sobre como participar do mercado de concessões e PPPs, de autoria do professor Fernando Vernalha.

Dilma não irá

Como fez em 2015, a presidente da República, Dilma Rousseff (PT), não comparecerá à abertura da Agrishow 2016, a mais importante feira de tecnologia agrícola da América Latina, hoje, às 10h, em Ribeirão Preto (SP). Ela quer distância do agronegócio, embora ele esteja sustentando o País neste momento de crise econômica. Ela tem mais motivos para não ir do que no ano passado, pois, agora, as principais entidades do setor, promotoras da feira, manifestaram-se a favor de seu impedimento na presidência da República. Será representada pelo ministro da Defesa, Aldo Rebelo (PCdoB), que estará ao lado do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB); do secretário da Agricultura do Rio Grande do Sul, Ernani Polo (PP); de Luiz Carlos Corrêa Carvalho, presidente da Associação Brasileira do Agronegócio; Carlos Pastoriza, presidente da Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos; David Roquetti Filho, da Associação Nacional para Difusão de Adubos; Fabio Meirelles, presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de São Paulo; e Gustavo Diniz Junqueira, presidente da Sociedade Rural Brasileira. Várias empresas gaúchas estarão representadas na Agrishow 2016. Nós estaremos lá, enviando as novidades do agronegócio para os leitores do Jornal do Comércio.

Escola de síndicos

Este dia 25 de abril será histórico para a Auxiliadora Predial. Nesta data, iniciam-se as aulas das duas primeiras turmas da Escola de Síndicos, projeto inédito no Estado, que conta com a parceria da ESPM para qualificar os gestores de condomínios e promover uma nova forma de geração de renda. As 80 vagas disponibilizadas foram preenchidas em apenas três dias após o lançamento do projeto.

Dia do Chimarrão

Comemorando o Dia do Chimarrão (24 de abril), a fabricante norte-americana de garrafas térmicas Stanley lançou um modelo projetado para os tomadores de mate. A garrafa tem rolha especial de precisão, e o fabricante garante que mantém a água quente por 24h, o que é preciso conferir, porque a maioria das que estão no mercado não conservam por muito tempo. A Classic Inox está à venda por R$ 195,00.

Recuperação judicial

Os advogados do escritório Scalzilli.fmv, de Porto Alegre, não concordam com a Serasa Experian, quando diz que 99% das empresas que adotam recuperação judicial acabam falindo. "Mais de 70% das empresas atendidas pelo escritório tiveram sucesso em sua recuperação judicial", informa a sócia e coordenadora do setor, advogada Gabriele Chimelo.

O Dia

  • O Consulado Geral do Uruguai realizará, na Fiergs, seminário sobre investimentos e negócios no Uruguai, às 8h30min, sob coordenação da cônsul-geral em Porto Alegre, Karla Beszkidnyak.
  • O ministro do Trabalho e Previdência Social, Miguel Rossetto, participará, às 10h, do seminário sobre direitos dos trabalhadores domésticos, no Ministério da Fazenda, avenida Loureiro da Silva, 445, em Porto Alegre.
  • O Senac 24 Horas de Porto Alegre comemora 10 anos e distribuirá bolos, biscoitos e erva-mate nos cursos hoje.
  • Francisco Turra, presidente da Associação Brasileira de Proteína Animal, será o palestrante do almoço da CIC Caxias do Sul, às 12h.
  • O Sindicato das Indústrias da Construção Civil de Rio Grande receberá representantes do sindicato dos trabalhadores, à tarde, para discutir o dissídio coletivo.
  • Grupo de empresários gaúchos capitaneado pelo designer e empresário Mário Verdi realizará, no Sheraton Hotel, debate com palestrantes de São Paulo e Rio, sobre as saídas na ciência e na inovação para a crise que assola o Rio Grande do Sul.
  • Encontro entre profissionais e familiares com os cuidadores de pacientes de Alzheimer abordará a atuação da Fonoaudiologia na doença, às 15h30min, Sala 02 da Educação Corporativa do Hospital Moinhos de Vento. Gratuito.
  • A Importadora Grand Cru apresentará vinhos de todo o mundo, às 19h, na Casa Vetro, avenida Veríssimo de Amaral, 110. Ingresso a R$ 270,00.
  • O presidente da Bebidas Fruki, de Lajeado, Nelson Eggers, vai falar sobre a empresa, às 19h30min, na ESPM-Sul, na rua Guilherme Schell, 350, em Porto Alegre.

Aeromóvel

O Projeto Aeromóvel de Porto Alegre, linha que conecta o aeroporto Salgado Filho ao trem metropolitano, foi apresentado pelo engenheiro da Aeromovel, Diego Abs, no Congresso Internacional de Sistemas Automáticos de Transporte, em Toronto, Canadá, organizado pela Associação Americana de Engenheiros Civis. Conforme o diretor da Aeromovel Brasil, Marcus Coester, a participação mostrou seu uso em aplicações aeroportuárias, em conexões ponto a ponto, alimentador de sistemas troncais de grandes cidades ou estruturante em pequenas e médias cidades. O aeromóvel já opera em Porto Alegre e na Indonésia e está em fase de implantação no município de Canoas. Há cerca de 30 consultas e negociações para o seu fornecimento no Brasil e em outros países.



COMENTÁRIOS
Welbi Maia Brito - 25/04/2016 09h17min
Para enfrentar a grave crise econômica que o país vive, gerada pelos erros na condução da política econômica do governo Dilma, o Geraldo Alckmin aposta no investimento no setor produtivo como o agronegócio para manter e gerar empregos.

DEIXE SEU COMENTÁRIO CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR
LEIA TAMBÉM
Condições de trabalho nas arrozeiras gaúchas Grupo Paquetá tem mais de 18 mil empregados Se aumentar o preço do aço, desemprego crescerá Sucesso gaúcho em alta tecnologia

 EDIÇÃO IMPRESSA

Clique aqui
para ler a edição
do dia e edições
anteriores
do JC.


 
para folhear | modo texto
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
Digite o resultado
da operação matemática
neste campo