Porto Alegre, terça-feira, 01 de março de 2016. Atualizado às 22h45.
Dia do Turismo Ecológico.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
24°C
29°C
18°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 3,9400 3,9420 1,54%
Turismo/SP 3,8000 4,0900 1,20%
Paralelo/SP 3,8000 4,0900 1,20%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral | Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas | GeraçãoE
ASSINE  |   ANUNCIE  |   ATENDIMENTO ONLINE
COMENTAR CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR

Notícia da edição impressa de 02/03/2016. Alterada em 01/03 às 20h51min

Greve

Parece que o Cpers tem um calendário único, fazer greve a cada ano letivo. Desde que Pedro Simon (PMDB, gestão 1987-1990) assumiu e enfrentou uma greve do magistério, é uma programação única e seguida à risca ano após ano. Não importa de que partido seja o governador, sempre há espaço para greve do Cpers. (Maria Olinda Camboim, Porto Alegre)
Trânsito
O trânsito continua terrível em Porto Alegre e, agora, pior no reinício das aulas. O pior são os motoristas mal-educados e que dão buzinaços quando o veículo da frente, por exemplo, para em uma faixa de segurança para dar vez aos pedestres, Ficam furiosos e, não raro, xingam quem está na frente. (João Emílio Vargas, Porto Alegre)
Investigação
A saída do ministro da Justiça José Eduardo Cardozo (PT), conforme noticiado pelo Jornal do Comércio (01/03/2016), por pressão do ex-presidente Lula da Silva e do PT "por não controlar a Polícia Federal" e "permitir investigações" de eventuais crimes, mostra que tanto o Partido dos Trabalhadores como instituição quanto o ex-presidente Lula como indivíduo pensam que alguns crimes podem ser cometidos, mas não podem ser investigados. Como ninguém é contra a própria liberdade, mas só contra a dos outros, este episódio leva a concluir que PT e Lula acham que pairam acima das leis e da sociedade, e qualquer ato que cometam é automaticamente legal e moralmente correto. PT e Lula acham que os Códigos Civil e Penal não podem ser aplicados a eles. Assustador. (Darlei Worm Jr.)
Investigação II
A saída do ministro José Eduardo Cardozo da Justiça será um autêntico "tiro no pé" do ex-presidente Lula da Silva. É que, agora, não poderá, o novo ministro, fazer qualquer interferência na condução da Lava Jato, pois a opinião pública estará em cima. Burrice, mais uma, do ex-presidente. (Neusa Carlile, Ivoti/RS)
Segurança
Uma cabeleireira do Interior, em visita à Capital, por imprudência, vacilou no aspecto de segurança pessoal junto à rodoviária de Porto Alegre, região de alta periculosidade. Foi abortada por delinquentes de extrema maldade que a mataram em um latrocínio. Assim, faço um apelo à atual gestão da rodoviária da Capital para que oriente os passageiros noturnos ao desembarcarem. Distribuam panfleto orientando sobre paradas de ônibus e os perigos no entorno da rodoviária. Um alerta de prevenção, além de policiamento mais efetivo. Penso que há modelos eficientes de "tolerância zero" para serem aplicados em nossa realidade para demonstrar uma mão da lei operante de informação do monitoramento da criminalidade. (Hélder P. Mayer, Porto Alegre)
COMENTÁRIOS
Deixe seu comentário sobre este texto.



DEIXE SEU COMENTÁRIO CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR

 EDIÇÃO IMPRESSA

Clique aqui
para ler a edição
do dia e edições
anteriores
do JC.


 
para folhear | modo texto
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
Digite o resultado
da operação matemática
neste campo