Porto Alegre, terça-feira, 22 de março de 2016. Atualizado às 12h54.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
22°C
27°C
18°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 3,6070 3,6090 0,02%
Turismo/SP 3,6100 3,7800 0,53%
Paralelo/SP 3,6100 3,7800 0,53%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral | Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas | GeraçãoE
ASSINE  |   ANUNCIE  |   ATENDIMENTO ONLINE
COMENTAR CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR

relações internacionais 22/03/2016 - 12h54min. Alterada em 22/03 às 12h54min

Em Cuba, Obama condena atentados na Bélgica e pede união contra o terrorismo

NICHOLAS KAMM/AFP/JC
Obama fez um pronunciamento pela televisão, transmitido ao vivo em Cuba

Agência Brasil

No último dia de permanência em solo cubano, o presidente Barack Obama fez nesta terça-feira (22) um pronunciamento pela televisão, transmitido ao vivo, em que destaca a boa vontade em superar as divergências e iniciar uma "nova era" de cooperação no campo dos negócios e nas relações destinadas a desenvolver a educação, a saúde e a cultura entre os dois países.
"É hora de deixar o passado para trás e iniciar um futuro de esperança", disse Obama. Antes de falar sobre as relações entre Cuba e Estados Unidos, o presidente Obama falou sobre os ataques ocorridos hoje (22) no aeroporto e no sistema de metrô de Bruxelas, capital da Bélgica, que deixaram ao menos 31 mortos e quase 200 feridos.
"Os pensamentos e as orações do povo americano estão com o povo da Bélgica e estamos solidários com eles", disse Obama. Segundo Obama, os Estados Unidos condenam "esses ataques ultrajantes contra pessoas inocentes".
Obama prometeu que os Estados Unidos vão fazer o possível para dar todo o apoio ao povo e ao governo belga a fim de trazer perante a Justiça "os responsáveis [pelos atentados]". Obama lembrou que "o mundo deve deve se unir, independentemente da nacionalidade, raça ou fé na luta contra o flagelo do terrorismo. "Podemos e vamos derrotar aqueles que ameaçam a segurança e a proteção de pessoas em todo o mundo."
COMENTÁRIOS
Deixe seu comentário sobre este texto.



DEIXE SEU COMENTÁRIO CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR
LEIA TAMBÉM
Em encontro histórico, Castro pede a Obama fim do embargo a Cuba Google expandirá acesso à banda larga e rede de Wi-Fi em Cuba, diz Obama Obama se encontra nesta segunda-feira com Raúl Castro em Cuba Obama: Visita é 'oportunidade histórica de interagir com o povo cubano'

 EDIÇÃO IMPRESSA

Clique aqui
para ler a edição
do dia e edições
anteriores
do JC.


 
para folhear | modo texto
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
Digite o resultado
da operação matemática
neste campo