Porto Alegre, domingo, 20 de março de 2016. Atualizado às 22h00.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
21°C
29°C
22°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 3,5810 3,5830 1,88%
Turismo/SP 3,6100 3,7700 0,78%
Paralelo/SP 3,6100 3,7700 0,78%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral | Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas | GeraçãoE
ASSINE  |   ANUNCIE  |   ATENDIMENTO ONLINE
COMENTAR CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR

Relações Internacionais 20/03/2016 - 21h57min. Alterada em 20/03 às 22h00min

Obama: Visita é 'oportunidade histórica de interagir com o povo cubano'

YAMIL LAGE/AFP/JC
Barack Obama conversou com turistas e com cubanos durante visita a Catedral de Havana

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, abriu sua visita a Cuba dizendo que a passagem pela ilha é uma "oportunidade histórica" e demonstrando disposição para forjar laços com o ex-adversário. "É maravilhoso estar aqui", afirmou Obama.
Empunhando um guarda-chuva em uma tarde chuvosa em Havana, o presidente dos EUA desceu do avião Força Aérea 1 e foi recebido por altos funcionários cubanos, mas não por Raúl Castro. O líder cubano frequentemente recepciona importantes figuras mundiais na chegada ao Aeroporto Internacional José Martí, mas não o fez desta vez. Em vez disso, Castro planeja cumprimentar Obama na segunda-feira no Palácio da Revolução.
A primeira parada de Obama foi um hotel de Havana, onde cumprimentou funcionários da Embaixada dos EUA e suas famílias e salientou a natureza histórica de sua visita - a primeira de um presidente dos EUA no cargo desde 1928, quando Calvin Coolidge chegou à ilha em um navio de guerra. "Esta é uma visita histórica, e é uma oportunidade histórica de interagir com o povo cubano", disse Obama, junto da primeira-dama dos EUA, Michelle Obama, e das filhas, Sasha e Malia. Dezenas de parlamentares e líderes empresariais dos EUA chegaram à ilha para acompanhar a visita de Obama. 
O presidente dos EUA destacou o trabalho de três cubanos na missão diplomática norte-americana no país por décadas: um guarda, um motorista e um trabalhador da seção de vistos. Ele disse que os três uniam os povos cubano e norte-americano. Antes de os EUA reabrirem sua embaixada, o país tinha apenas seções de interesses comerciais em Havana. Ele agradeceu ainda as pessoas que trouxeram os filhos para conhecê-lo, dizendo esperar que, quando eles forem adultos, "pensem que é natural para um presidente dos EUA visitar Cuba". Obama e sua família seguiriam para uma visita por Havana Velha a pé, incluindo a Catedral de Havana.
A ausência de Castro no desembarque de Obama despertou críticas do pré-candidato à Presidência dos EUA pelo Partido Republicano Donald Trump. "Uau, o presidente Obama acaba de desembarcar em Cuba, um grande acontecimento, e Raúl Castro nem estava lá para cumprimentá-lo. Ele cumprimentou o Papa e outros. Nenhum respeito", disse Trump, em sua conta no Twitter. 
COMENTÁRIOS
Deixe seu comentário sobre este texto.



DEIXE SEU COMENTÁRIO CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR
LEIA TAMBÉM
Obama chega a Cuba, na primeira visita de um presidente dos EUA desde 1928 Obama desembarca em Cuba neste domingo para visita histórica Evo Morales pede reunião de emergência da Unasul para apoiar governo Dilma
O presidente disse que o que está sendo gestado no Brasil é "um golpe do Congresso"
União Europeia condena novo lançamento de mísseis pela Coreia do Norte
A Coreia do Norte lançou hoje um novo míssil balístico que percorreu cerca de 800 quilómetros até cair no mar

 EDIÇÃO IMPRESSA

Clique aqui
para ler a edição
do dia e edições
anteriores
do JC.


 
para folhear | modo texto
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
Digite o resultado
da operação matemática
neste campo