Porto Alegre, terça-feira, 08 de março de 2016. Atualizado às 22h53.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
24°C
29°C
19°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 3,7380 3,7400 1,47%
Turismo/SP 3,6900 3,9100 1,01%
Paralelo/SP 3,6900 3,9100 1,01%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral | Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas | GeraçãoE
ASSINE  |   ANUNCIE  |   ATENDIMENTO ONLINE
COMENTAR CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR

Infraestrutura Notícia da edição impressa de 09/03/2016. Alterada em 08/03 às 21h02min

Habilitadas para obras do entorno da Arena serão divulgadas amanhã

Isabella Sander

Na segunda-feira, a prefeitura de Porto Alegre recebeu propostas de três empresas e um consórcio interessados em executar obras de revitalização no entorno da Arena do Grêmio. Amanhã, a comissão de licitação anunciará quais empresas entregaram os documentos necessários e estão habilitadas para concorrer. Depois disso, serão abertos os envelopes com as propostas e será escolhido o projeto mais barato. A Secretaria Municipal de Obras e Viação (Smov) alega que a comissão é autônoma e não é possível determinar prazo para o anúncio do vencedor.
Segundo o secretário municipal de Obras e Viação, Mauro Zacher, as obras previstas compreendem todo o entorno da Arena, mas há uma parte que será feita através de regime de contrapartida, pela construtora OAS, responsável pela construção do estádio. A empresa revitalizará as avenidas A. J. Renner e Padre Leopoldo Brentano. A prefeitura fará as melhorias da avenida Ernesto Neugebauer e da rua Pedro Boésio. A Pedro Boésio, por ter uma grande galeria de drenagem em seu subterrâneo, será executada primeiro e, depois, a Ernesto Neugebauer.
"São obras que englobam tudo: drenagem, ciclovia, passeio e nova iluminação das vias. São intervenções necessárias, fundamentais, pois muitas famílias foram morar naquela região, e o número vai aumentar, pois há futuros empreendimentos a serem entregues", destaca Zacher.
O movimento aumentou, também, em função da inauguração da BR-448, e deve aumentar ainda mais com a abertura da nova ponte do Guaíba. A obra terá custo de R$ 25,3 milhões e tem cronograma previsto de dois anos, a partir de sua ordem de início.
 
COMENTÁRIOS
Deixe seu comentário sobre este texto.



DEIXE SEU COMENTÁRIO CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR
LEIA TAMBÉM
Prefeitura lança edital para o entorno da Arena Redução de investimentos na Petrobras pode provocar novo encolhimento do PAC
Pelo segundo ano consecutivo, o governo não selecionará em 2016 nenhum projeto novo de infraestrutura urbana para incluir no PAC
Operários da nova ponte do Guaíba voltam ao trabalho
Governo executou R$ 251 bilhões em obras do PAC em 2015, informa Planejamento

 EDIÇÃO IMPRESSA

Clique aqui
para ler a edição
do dia e edições
anteriores
do JC.


 
para folhear | modo texto
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
Digite o resultado
da operação matemática
neste campo