Porto Alegre, quinta-feira, 31 de março de 2016. Atualizado às 00h08.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
22°C
31°C
21°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 3,6200 3,6220 0,46%
Turismo/SP 3,6200 3,7800 0,52%
Paralelo/SP 3,6200 3,7800 0,52%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral | Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas | GeraçãoE
ASSINE  |   ANUNCIE  |   ATENDIMENTO ONLINE
COMENTAR CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR

Contas Públicas Notícia da edição impressa de 31/03/2016. Alterada em 31/03 às 00h08min

Rombo recorde vai a R$ 23 bilhões

MARCELO CAMARGO/ABR/JC
O chefe do Departamento Econômico do Banco Central, Tulio Maciel, comenta os resultados da Nota de Politica Fiscal referente a janeiro.(Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

As contas do setor público consolidado - União, estados, municípios e estatais - fecharam em fevereiro com déficit de
R$ 23,040 bilhões, segundo relatório divulgado pelo Banco Central (BC) ontem. O resultado é o pior para o mês da série iniciada em 2001. Em janeiro, o resultado foi positivo em R$ 27,91 bilhões. Com isso, no primeiro bimestre deste ano, o conjunto do setor público obteve superávit de R$ 4,87 bilhões - contra R$ 18,76 bilhões no mesmo período de 2015. O desempenho neste ano também é o pior da série do BC.
O dado que compõe o superávit primário (receitas menos despesas, sem contabilizar os juros da dívida pública) foi influenciado pelo governo central (Tesouro, Previdência e BC) que, no mês passado, registrou um rombo de R$ 26,433 bilhões. Já os estados e municípios contribuíram com resultado positivo de
R$ 2,731 bilhões, e as estatais, com superávit de R$ 662 milhões.

Leia o texto integral em nossa
ediÇÃo para folhear

  • Acesso gratuito, durante fase de avaliação, mediante cadastro.
  • Clique aqui para acessar.
COMENTÁRIOS
Deixe seu comentário sobre este texto.



DEIXE SEU COMENTÁRIO CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR
LEIA TAMBÉM
Governo Central registra déficit de R$ 25,07 bilhões Estados e União fecham acordo sobre dívidas Cobrança de impostos devidos já ultrapassa R$ 346 milhões em 2016 Cai previsão de dividendos de estatais
Relatório revela que receita líquida federal ficará R$ 13,7 bilhões menor que o valor aprovado no orçamento

 EDIÇÃO IMPRESSA

Clique aqui
para ler a edição
do dia e edições
anteriores
do JC.


 
para folhear | modo texto
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
Digite o resultado
da operação matemática
neste campo