Porto Alegre, quinta-feira, 03 de março de 2016. Atualizado às 13h14.
Dia do Meteorologista.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
23°C
24°C
21°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 3,8470 3,8490 1,02%
Turismo/SP 3,8000 4,0500 0%
Paralelo/SP 3,8000 4,0500 0%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral | Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas | GeraçãoE
ASSINE  |   ANUNCIE  |   ATENDIMENTO ONLINE
COMENTAR CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR
Palavra do Leitor Roberto Brenol Andrade


Palavra do Leitor

Notícia da edição impressa de 03/03/2016

Correios

A pergunta pode parecer repetitiva, porque a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) - mais recentemente somente Correios -, há muito tempo, deixou de ser a empresa modelo que sempre funcionava, independentemente da conjuntura econômica ou política em que estivesse vivendo o Brasil. O problema é que a demora na entrega das correspondências expendidas se alarga de modo escandaloso. O pagamento é feito na expedição do que se envia, e é de todo normal pensar-se que a contraprestação deva ser efetuada na conformidade das regras usuais e comuns do serviço, ou especiais, quando então paga-se o serviço especial ou de urgência, e no tempo devido, nunca em prazo excedido, como tem sido a regra, ano após ano. Exemplo típico, em minhas mãos, a correspondência expedida em 28 de janeiro pela prefeitura de Terra de Areia e que foi entregue apenas dia 17/02/2016, na Capital. De maior proximidade, e igual ou maior dano, outra correspondência, expedida em 5 de fevereiro pela empresa Guarida, sediada na Capital, e que somente foi entregue dia 18/02/2016, em outro bairro da Capital. Note-se que estas, e a maioria das correspondências que devem ser entregues pela ECT, envolvem obrigações a pagar por aqueles que as recebem. E, se não recebem, não podem pagar. E os custos? A ECT responde por eles? (Nadir Silveira Dias, jurista, escritor e jornalista)
Dívida
O imbróglio entre o estado de Santa Catarina e o governo federal acerca da dívida contraída com a União e o que já foi amortizado parece-me uma questão de cláusulas contratuais. Acredito que um contrato foi firmado, e as partes envolvidas devem seguir o bojo daquilo que foi assinado. Será que não leram o que assinaram? Ou estão querendo cobrar algo fora do contratado? Técnicos bem pagos de ambas as partes devem analisar. (Jorge D. Hexsel, Florianópolis/SC)
Voos
Impressionante como Porto Alegre está perdendo voos internacionais. Agora, tudo está voltando a passar por São Paulo, mesmo em destinos bem próximos, como Buenos Aires e Montevidéu. Voltamos à estaca zero, sem voos para os Estados Unidos. E queira Deus que a ligação com Lisboa, direta, não acabe. (Leila Paranhos, Porto Alegre)
Rolling Stones
A banda Rolling Stones é mais antiga que os Beatles, que desapareceram como banda há mais de 40 anos. Os Beatles, hoje, só em discos ou os solos de Paul McCartney. Gostaria de ter assistido aos "velhinhos" ingleses, mas os preços para ver os Stones estavam proibitivos, não deu. Talvez eu veja o show deles em algum programa de TV. (Nair Lopes, Porto Alegre)


COMENTÁRIOS
Dorian R. Bueno - 03/03/2016 11h19min
PROGRAMA DE INDIO !!!nBem capaz Tchê, mesmo sendo COLORADO, não assistiria em pleno BEIRA-RIO com chuva no lombo, um show ultrapassado de setentões que somente agora vieram conhecer P. Alegre.É muita nostalgia para muita gritaria e pouca qualidade de música. Porque estes velinhos dos Stones não vieram antes para assistir o nosso CAMPEÃO DE TUDO jogar? O nosso INTERNACIONAL é muito MAIOR do que estes velinhos cheios de inglês britânico. Azar agora já falei. Tomara que este pé frio do Mick não tenha deixado um sapo enterrado no vestiário dos nossos jogadores. Domingo o show vai ser bem mais moderno e grandioso por ser GRENAL. Confesso que ontem assisti o jogo do GRÊMIO, gostei do ritmo, andamento, harmonia até o fim na mesma levada, parabéns. Tomara que o ARGEL e os nossos jogadores COLORADOS também tenham assistido. Este GRENAL se for jogado como uma LBA vai sair muita faísca e muitos GOLS. Que joguem na BOLA, que vença o melhor sem violência e guitarras. Abs. Dorian R. Bueno POA 03.03.2016nDorian Bueno Google + Até ontem 19.070 Acessos em 6 meses Graças a Deus.n

DEIXE SEU COMENTÁRIO CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR
LEIA TAMBÉM
Artigo
Sobre o artigo MEC travestido de Ministério da Verdade (Jornal do Comércio, página 4, edição de 26/02/2016), o autor está absolutamente certo
Tarifa de ônibus
Interessante que os protestos contra o aumento das tarifas de ônibus não são vistos quando a gasolina e o óleo diesel são aumentados estupidamente
Juros bancários
Qual a explicação para a desmesurada discrepância entre os juros cobrados pelos bancos, dos seus mutuários que ultrapassam 400% ao ano
Resposta da EPTC
A EPTC informa que, pela primeira vez na história de 244 anos de Porto Alegre, foi realizada uma licitação para o transporte coletivo

 EDIÇÃO IMPRESSA

Clique aqui
para ler a edição
do dia e edições
anteriores
do JC.


 
para folhear | modo texto
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
Digite o resultado
da operação matemática
neste campo