Porto Alegre, quinta-feira, 10 de março de 2016. Atualizado às 22h42.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
21°C
24°C
19°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 3,6400 3,6420 1,51%
Turismo/SP 3,6000 3,8200 2,30%
Paralelo/SP 3,6000 3,8200 1,03%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral | Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas | GeraçãoE
ASSINE  |   ANUNCIE  |   ATENDIMENTO ONLINE
COMENTAR CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR
Frases e Personagens


Frases e Personagens

Notícia da edição impressa de 11/03/2016

Frases e personagens

JONATHAN HECKLER/JC
Alexandre Postal

"Comparando com os problemas do Brasil, com a crise socioeconômica, o Rio Grande do Sul é um paraíso. Pena que o governo federal não acene com uma renegociação da dívida para ajudar". Alexandre Postal (PMDB), deputado estadual.
"Não, não, o Rio Grande do Sul não é um paraíso. Está que é um caos." Pedro Ruas (P-Sol), deputado estadual.
"Não penso que a Lava Jato cause os problemas econômicos atuais do Brasil. Ao contrário, em algumas fases, os indicadores até tiveram melhora, segundo divulgado. E não tenho qualquer ligação com partidos políticos, isso não faz parte da minha profissão." Sérgio Moro, juiz federal, julgador da Lava Jato em primeira instância.
"A Lava Jato ainda vai vasculhar muito além do que foi visto até agora. Não chegou nem na metade." Eliseu Padilha (PMDB), deputado federal.
"Penso que o PMDB deveria discutir o desembarque do governo federal. Também liberar os filiados para votarem livremente nas questões pendentes na Câmara Federal." Eduardo Cunha (PMDB), presidente da Câmara dos Deputados.
"A situação econômica é desafiadora. O mercado prevê redução da atividade econômica pelo segundo ano consecutivo, o que não acontece desde a grande depressão de 1930." Nelson Barbosa, ministro da Fazenda.
"Precisamos de medidas não usuais para enfrentar a situação com realismo, urgência e serenidade. O governo deve ser agente de estabilização, de redução da volatilidade." Também Nelson Barbosa.
"Não é papel do presidente do Congresso Nacional botar fogo na crise. O papel do presidente do Congresso Nacional é mais do que nunca trabalhar pela serenidade, pelo bom senso, pelo equilíbrio. Nós tivemos aqui no Senado Federal, em 1964, um presidente do Senado que passou do limite do equilíbrio e fraturou a democracia. Portanto, não cabe a mim botar fogo na crise, e eu não farei isso de forma alguma, pois não devo." Renan Calheiros (PMDB-AL), presidente do Senado.
COMENTÁRIOS
Deixe seu comentário sobre este texto.



DEIXE SEU COMENTÁRIO CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR
LEIA TAMBÉM
Frases e personagens Frases e personagens Frases e personagens Frases e personagens

 EDIÇÃO IMPRESSA

Clique aqui
para ler a edição
do dia e edições
anteriores
do JC.


 
para folhear | modo texto
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
Digite o resultado
da operação matemática
neste campo