Porto Alegre, segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016. Atualizado às 22h35.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
23°C
29°C
18°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 4,0020 4,0040 0,10%
Turismo/SP 3,8000 4,1400 0,24%
Paralelo/SP 3,8000 4,1400 0,24%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral | Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas | GeraçãoE
ASSINE  |   ANUNCIE  |   ATENDIMENTO ONLINE
COMENTAR CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR

artigo Notícia da edição impressa de 01/03/2016. Alterada em 29/02 às 21h35min

O clima pode colaborar com a crise

Paulo Kruse

Jamais presenciei tanta instabilidade climática como nos últimos tempos em Porto Alegre. E diretamente, o segmento do varejo tem sido prejudicado, principalmente pelos temporais que insistem em nos visitar semanalmente. Nos últimos dias, centenas de lojistas tiveram prejuízos em seus estabelecimentos.
Como exemplo, cito o temporal da noite do dia 29 de janeiro desse ano, que refletiu na queda do movimento e faturamento do comércio da Capital. O faturamento do dia, em média, segundo levantamento do Sindilojas Porto Alegre, caiu 20,14%. Já em relação ao resultado do mês de janeiro, o impacto negativo foi de 3,5%. O principal prejuízo foi a falta de energia elétrica e rede de internet, que prejudicou o funcionamento de todas as lojas consultadas. Em função disso, muitos estabelecimentos ficaram fechados, tanto no comércio de rua como no de
shopping. Em relação às lojas localizadas nos centros comerciais que não abriram, o faturamento dos dias fechados foi totalmente perdido. Sem contar os casos em que os lojistas perderam tudo: mercadorias molhadas, lojas destelhadas, enfim! Por isso é fundamental o estabelecimento estar segurado. Porém é preciso estar atento à cobertura desse serviço, as limitações do contrato, as cláusulas e garantias devidas. A recomendação é de que o lojista busque a assistência, independente da seguradora, que conseguirá analisar todas as cláusulas da apólice com exatidão. É preciso estar atento, pois se minha loja sofre um sinistro por causa desses fatores climáticos, poderá ter prejuízos também decorrentes com a queda nas vendas por conta dos dias de interrupção do serviço.
É um desafio! Já não bastasse a economia em crise, o clima parece estar caminhando no mesmo rumo. Por isso, é necessário ficar de olhos bem abertos para não ser atingido. Seja cauteloso e previna-se!
Presidente do Sindilojas Porto Alegre
COMENTÁRIOS


DEIXE SEU COMENTÁRIO CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR
LEIA TAMBÉM
Opinião econômica: O estagiário Procura-se jovem que saiba calcular. E o que ele procura? Opinião econômica: Eu aposto no Brasil Sua empresa é sustentável?

 EDIÇÃO IMPRESSA

Clique aqui
para ler a edição
do dia e edições
anteriores
do JC.


 
para folhear | modo texto
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
Digite o resultado
da operação matemática
neste campo