Porto Alegre, terça-feira, 16 de fevereiro de 2016. Atualizado às 10h00.
Dia do Repórter.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
26°C
31°C
22°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 4,0060 4,0080 0,27%
Turismo/SP 3,7500 4,1200 0%
Paralelo/SP 3,7500 4,1200 0%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral | Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas | GeraçãoE
ASSINE  |   ANUNCIE  |   ATENDIMENTO ONLINE
COMENTAR CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR
Palavra do Leitor Roberto Brenol Andrade


Palavra do Leitor

Notícia da edição impressa de 16/02/2016

Colonialismo cultural

Concordo, plenamente, com a colocação na página Começo de Conversa do Jornal do Comércio de 15/02/2016, sobre a imitação das meninas cantando e rebolando ao lado dos gramados de futebol. Ninguém presta atenção e se é para mostrar moças bonitas com as pernas de fora, isso não tem a menor tradição no futebol brasileiro. É mesmo colonialismo grotesco. (Ricardo Gomes Ferraz, Porto Alegre)
Aedes aegypti
A Secretaria da Saúde de Osório preocupou-se em visitar residências que possuem piscinas, agora na época de veraneio. É claro que neste período todas estão limpas e tratadas, pois estão em uso. E no restante do ano são fiscalizadas? Nas ruas de Atlântida Sul (balneário de Osório) estão os maiores criatórios do mosquito, pois não existe nenhum tratamento, muito menos esgoto. As águas da chuva ficam paradas o ano inteiro, possivelmente criando mosquitos da dengue. Por favor, senhor prefeito, verifique o que podem fazer porque o IPTU é bem caro na nossa praia. (Romualdo Airton de Vargas Silva, Atlântida Sul, Osório/RS)
Aedes aegypti II
Uma bela campanha para erradicar o mosquito da dengue e outras doenças. Milhares de agentes, soldados do Exército e movimentação em várias cidades gaúchas. É assim que tem que ser feito. Vamos matar o mosquito antes que ele nasça, o pedido da presidente Dilma Rousseff, ainda que matar algo antes que exista é um pouco difícil... (Joelmar Barcellos, Porto Alegre)
Chuvas
Porto Alegre foi inundada, outra vez, no dia 13 de fevereiro à noite, após uma chuvarada intensa. Mas, não surpreende mais, eis que as bocas de lobo estão entupidas ou por sujeira lançada pelos moradores do entorno, por caliça das obras intermináveis da prefeitura ou pelas galhos de árvores ainda não retirados, que caíram dia 29 de janeiro. Até quando? (Celso Mazieri, Porto Alegre)
Gauchão
O Gauchão 2016 está sendo uma afronta aos clubes e às torcidas. Fizeram o Cruzeiro jogar contra o Juventude sábado, dia 13 de fevereiro, às 21h, com portões fechados. Primeiro, seriam portões abertos, depois, fechados. Provavelmente porque a Brigada não tinha efetivo para o policiamento. Assim, esse campeonato não tem charme algum, além do que, a imprensa só fala na dupla Grenal. Até podem merecer, mas a dupla fez o seu nome em cima dos demais times, incluindo-se aí os que não existem mais, como Renner, Nacional, Força e Luz e outros. Endeusam tanto a dupla Grenal que seria melhor fazer um quadrangular e quem vencesse três jogos seria o campeão. Poupariam gastos e esquecimento a que são relegados os demais clubes. (Iguer Berto Círio, Porto Alegre)
COMENTÁRIOS
Deixe seu comentário sobre este texto.



DEIXE SEU COMENTÁRIO CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR
LEIA TAMBÉM
Segurança
Para combater a criminalidade é muito simples, pode ser até reduzido o efetivo policial, não é necessária a construção de novas casas prisionais, basta somente o seguinte: Judiciário sério e comprometido com a aplicação do Código Penal

 EDIÇÃO IMPRESSA

Clique aqui
para ler a edição
do dia e edições
anteriores
do JC.


 
para folhear | modo texto
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
Digite o resultado
da operação matemática
neste campo