Porto Alegre, quinta-feira, 04 de fevereiro de 2016. Atualizado às 21h39.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
26°C
29°C
22°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 3,8940 3,8960 0,61%
Turismo/SP 3,7500 3,9900 3,85%
Paralelo/SP 3,7500 3,9900 3,85%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral | Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas | GeraçãoE
ASSINE  |   ANUNCIE  |   ATENDIMENTO ONLINE
COMENTAR CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR
Palavra do Leitor Roberto Brenol Andrade


Palavra do Leitor

Notícia da edição impressa de 05/02/2016

Árvores

Subscrevemos, integralmente, as declarações do engenheiro Leonardo Melgarejo, presidente da Agapan (Jornal do Comércio, página 21, edição de 04/02/2016), quanto ao manejo inadequado da arborização de Porto Alegre, através de podas ruinosas. Em 1992, expedimos o Decreto nº 10.237, de 11 de março, ainda em vigor, no qual se exige o cadastro das empresas incumbidas de tarefa junto à Smam (arts. 1º e 2º), e obrigatória a presença de técnico da pasta naquelas tarefas (art. 3º), impedindo-se o trabalho nos domingos e feriados (art. 4º), bem como no período de setembro a abril, quando as árvores estão em plena florescência, além de outras normas que, lamentavelmente, têm sido descumpridas. Assim, cumpre à comunidade exigir do poder público o cumprimento dessa e ouras legislações pertinentes, para evitar ou minorar os danos causados pelos temporais. (Caio Lustosa, ambientalista e ex-secretário de Meio Ambiente de Porto Alegre)
Árvores II
Reprise na Capital, ruas alagadas e novamente árvores caídas e valos transbordando nesta quinta-feira, tudo por falta de limpeza e planejamento de trabalho nas vias de Porto Alegre. A imprensa deveria verificar os bueiros da cidade, principalmente nas vias de alagamento. As avenidas Farrapos e Cairu nunca ficaram alagadas antes, mas o descaso desta administração chegou nelas. Uma árvore caiu na avenida Sertório, um eucalipto enorme, e, graças ao bom Deus, não matou ninguém. Mas, se matasse, não dava nada. Como sempre. (Marcelino Pogozelski, diretor da UGT/RS)
Telefone
Uma árvore tombou e levou junto a fiação telefônica, na rua Paulino Teixeira, esquina com a Prof. Álvaro Alvim, bairro Rio Branco, por causa da tempestade de sexta-feira, 29 de janeiro. Por isso, os telefones fixos da operadora Oi estão mudos desde então, em muitas ruas no entorno. Os restos da árvore não foram retirados ainda, nesta quinta-feira. (Mário De Paula, Porto Alegre)
Custeio
Em relação à notícia "Petrobras anuncia revisão de gestão e redução de custos", com exceção dos governos (federal e estadual), todos estão reduzindo custos para atravessar esta crise, causada pelos próprios governos! (Paulo Tavares, Porto Alegre)
Constituição
Os Dez Mandamentos são a Constituição do mundo. Infringir qualquer um de seus princípios não é direito de nenhuma constituição consagrada por políticos daqui ou outro lugar. Na medida em que uma sociedade os contradiz, promove a própria decadência. Nessas deserções situam-se as raízes mais fundas da crise de nossa civilização. (Cláudio Jacobus Furtado, escritor, Porto Alegre)
COMENTÁRIOS
Deixe seu comentário sobre este texto.



DEIXE SEU COMENTÁRIO CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR
LEIA TAMBÉM
Começo de Conversa
Como pode o Brasil ter uma conta de luz absurdamente cara, sendo que sua hidrelétrica (compartilhada) é líder mundial em produção de energia?

 EDIÇÃO IMPRESSA

Clique aqui
para ler a edição
do dia e edições
anteriores
do JC.


 
para folhear | modo texto
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
Digite o resultado
da operação matemática
neste campo