Porto Alegre, segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016. Atualizado às 09h10.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
35°C
28°C
17°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 3,9980 4,0000 1,24%
Turismo/SP 3,8000 4,1500 1,21%
Paralelo/SP 3,8000 4,1500 1,21%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral | Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas | GeraçãoE
ASSINE  |   ANUNCIE  |   ATENDIMENTO ONLINE
COMENTAR CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR

Educação Notícia da edição impressa de 29/02/2016. Alterada em 29/02 às 09h10min

Cpers convoca paralisação no primeiro dia de aulas na rede estadual

Marcelo G. Ribeiro/JC
No colégio Júlio de Castilhos, aulas começam na terça-feira

Isabella Sander

O início do ano letivo nas escolas estaduais está agendado para hoje. Entretanto, o começo das aulas pode acabar ocorrendo somente amanhã. O motivo é a convocação por parte do Cpers/Sindicato para um dia de paralisação para marcar o Dia Nacional de Paralisação na Educação. Nos dias 15, 16 e 17 de março, também está definida greve nacional. No dia 18, a entidade fará assembleia geral para determinar os rumos da mobilização. A partir daí, pode haver paralisação por tempo indeterminado. No colégio Júlio de Castilhos, um dos mais tradicionais da rede estadual em Porto Alegre, as aulas iniciam somente na terça-feira (1°).
Desde quinta-feira, os diretores do Cpers circulam pelo Interior do Estado para fortalecer a mobilização. A orientação da entidade é de que nenhuma instituição estadual abra as portas e toda a comunidade escolar participe de manifestações pelas ruas centrais de Porto Alegre. Haverá, ainda, uma "aula cidadã" em frente ao Palácio Piratini.
Segundo o diretor de Comunicação do Cpers, Ênio Manica, a expectativa de adesão à paralisação é boa. "O Estado vem fazendo ações na área da educação, algumas boas, como a reforma de escolas e a nomeação de professores e funcionários, mas muitas ruins, como a existência de turmas com 40 alunos, o fechamento de escolas e de turmas. Se, por exemplo, uma turma à noite é fechada, como os alunos que trabalham continuarão a estudar?", questiona.
O secretário estadual da Educação, Vieira da Cunha, anunciou, na semana passada, que encaminhou ao governador do Estado, José Ivo Sartori, pedido de nomeação de 500 professores e 300 funcionários de escolas. A solicitação precisa de aval da Secretaria Estadual da Fazenda (Sefaz) e do governador.
Manica enfatiza que a defasagem salarial do piso salarial dos professores gaúchos chega a 69,44%. "O piso salarial nacional está definido em R$ 2.135,54 e, atualmente, o piso no Estado é de R$ 1.640,00. Para chegar ao salário nacional, previsto em lei, precisaríamos de reajuste de 69,44%. Temos professores e funcionários fazendo empréstimos para pagar o aluguel", relata.
COMENTÁRIOS
Deixe seu comentário sobre este texto.



DEIXE SEU COMENTÁRIO CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR
LEIA TAMBÉM
Estudantes podem aderir à lista de espera do ProUni até amanhã Lei do Bullying aposta em prevenção e conscientização 'Efeito do temporal foi devastador para as escolas' Ministra quer anular edital para vagas em faculdades de medicina

 EDIÇÃO IMPRESSA

Clique aqui
para ler a edição
do dia e edições
anteriores
do JC.


 
para folhear | modo texto
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
Digite o resultado
da operação matemática
neste campo